Fodi minha prima virgem safada

Fodi minha prima virgem safada e gozei gostoso em sua xota e em seu bumbum gostoso. O que você varia se sua priminha de apenas 18 anos quisesse pau? Eu tive que dar o meu a ela, e fui muito cuidadoso porque tinha um detalhe, ela nunca tinha visto uma rola antes. Como meus tios são bem conservadores eles não deixam a minha prima fazer nada. E eu sou o único homem com quem eles deixam ela conversar, então acabou que eu fui o primeiro a beija-la. E nesse dia eu também fui o primeiro a fodê-la e vou lhes contar como tudo acabou acontecendo entre eu e essa safadinha.

Já que meus tios não deixavam minha priminha sair, dessa maneira ela ia sempre em minha casa. La eles deixavam ela beber porque estava em família. E um dia tava rolando um churrasquinho de família e todo mundo encheu a cara. Inclusive esse meu tio conservador, e a bebida acabou e o lugar que tinha disponível era bem longe. Então eu peguei o carro e disse que iria la salvar a noite de sábado, e minha priminha quis ir comigo. Entramos no carro e no meio do caminho tinha um beco e ela pediu pra eu entrar nesse beco. Eu não entendi no começo o que ela queria, mas obedeci a sua vontade e parei no lugar indicado.

E nesse momento ela tirou meu pau pra fora e ele ainda estava bem mole então ela começou a chupá-lo. E como resultado disso em questão de segundos minha pica foi ficando cada vez mais dura. A jovem bandida abocanhando minha pica com vontade me deixando completamente excitado. Como ela estava bêbada ficou bem safadinha e ela pela primeira vez pegou em um pau e já foi chupando ele. Me disse que queria perder o cabaçinho da buceta e que eu seria o primeiro a fodê-la. Já todo animado coloquei o banco pra trás e ela foi tirando a saia curta. Tirou a calcinha e eu vi aquela bucetinha apertada deliciosa que nunca foi tocada.

Então dessa forma eu antes de penetrar a safadinha comecei a chupá-la. Queria muito degustar uma bucetinha virgem, ela abriu bem as pernas e eu comecei a cair de boca com vontade. Comecei a meter o dedo também deixando a safadinha toda arrepiada. Ela ficava acariciando os peitos durinhos gostosos enquanto eu abocanhava a sua xota delícia. A safada estava mesmo toda molhada e depois de chupar o grelinho dela bastante pedi pra putinha quicar gostoso pela primeira vez. Ela veio com calma e foi montando delicadamente em cima do meu cacete. E eu fodi minha prima safadinha, meu pau foi entrando devagar e gostoso na sua bucetinha quente virgem.

E devagarinho a safada foi perdendo o selinho da buceta e ficando completamente molhada de tesão. Eu deixei ela bem esfoladinha com essa sacanagem gostosa onde minha pica ia entrando de leve na sua bucetinha gostosa. Fiz a jovem puta gemer muito com o pau entrando gostosinho na sua pepeca, ela pediu pra eu apertar bem forte sua bunda e ir metendo. E com o tempo ela foi deixando eu socar mais forte e eu vi que sua bucetinha estava um pouco sangrando, e o selinho tinha sido rompido e ela estava excitada demais.

Nem dor estava sentindo porque tinha bebido muito então so sentia prazer. Levei ela pro banco de trás e fodi minha prima putinha de quatro. Apertei aquela bunda grandona gostosa e minha rola ia entrando com tudo na safadinha. Ela gemia e deixava eu puxar seus cabelos e dar tapas na sua bunda quente até que ela ficou acariciando a bucetinha e gozou gostoso. Eu fui metendo mais um pouquinho e gozei também sujando aquela bucetinha de porra. Depois compramos a bebida e voltamos pra casa como se nada tivesse acontecido.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

free web tracker