Categoria: Corno

Leia milhares de contos eróticos de corno gratuitamente onde as pessoas relatam as melhores histórias de traições e relatos que envolve o fetiche cuckold.

Fica excitado(a) vendo sua companhia com outra pessoa? É aqui onde você vai encontrar os contos eróticos que são capazes de te excitar.

Fodendo a amante do meu primo

Eu tive um desentendimento com Alê e ela foi para casa da mãe, me deixando sozinho. Meu primo mora sozinho, namora Simone há 20 anos e come Ana 40 anos, madrinha de casamento dele. Ana é uma mulher de 1,80m e pesa 90 quilos. Ela é rabuda, tem um peito M, é branca e tem cabelos pretos nos ombros. Na sexta-feira à noite, Ana foi à casa dele, mas a namorada dele avisou que iria. Ele ficou triste, veio até minha casa com a namorada e perguntou se ela poderia ficar por um tempo até ele abandonar a namorada. A gostosa enorme de calça jeans apertada, coladinha, camisa manga longa e bota cargel. Ele é amigo, falei pode sim, ela entrou e disse daqui a pouco te busco. Fiquei dentro com ela. Comecei a observar a gostosura dela.

Encoxou minha esposa na minha frente

Hj resolvi contar uma passagem que aconteceu comigo . Casado com Alê 31 anos , branca , seios G e rabo M , cabelos longos , não muito magra mas gostosa meiga . Ela metia bem comigo mas começou a regular , eu desconfiando , mas ela resolveu que queria mexer nos peitoes tipo turbinas mais pra ficar empinados. Eu falei estão bons assim , deste jeito que quero , dá pra mamar , fazer espanhola e gozar no seu rostinho . Ela falou vai cagar eu quero empinados , minha vizinha uma negra gostosa pra caralho, dos peitoes havia feito uma redução dos peitos com um profissional da área , conversando com ela, a mesma indicou ele. Resolvemos marcar com este profissional , tudo certo marcamos , minha esposa só usa fiozinho , neste dia ela tomou um belo banho , vestiu um fio , um vestido soltinho e um salto . Fui levar ela , chegada nossa vez entrei junto , o profissional é um coroa de uns 50 anos , mandou sentarmos , preencheu um questionário . Ele se levantou com um pincel atômico na mão foi pro canto da sala chamouinha esposa , ela se levantou e foi até ele . O fdp em pé falou pra ela fica de frente pra mim reta , assim ela o fez. Eu olhando , ele falou tire o vestido senhora , ela me olhou eu fazer o que.

Mulher do vizinho fode na rua

A esposa do meu vizinho estava se exibindo para mim. O bairro novo apresenta uma grande quantidade de vegetação, poucas residências, ruas de terra e iluminação precária. Durante a minha jornada de trabalho, percebi rastros de pneus de carro, pés de pessoas e papéis higiênicos espalhados pelo chão. A curiosidade desperta a minha curiosidade. No bar, passei a noite jogando e desci para casa. Lá, encontrei um amigo de trabalho. Parei para conversar, pois ele estava bastante escondido na escuridão na esquina da rua onde moro. Ele disse que está atento à minha nora. Acredito que ela esteja traindo o meu filho. Imediatamente, imaginei que o homem estivesse comendo a Eliana na rua de cima. A Eliane é casada com Sidnei. Moram na mesma rua que eu. Ela é branca, tem 170 cm, pesa cerca de 80 kg, é gorda, coxuda, rabuda e peitos G. Anda de micro shortinho, mini salinha ou vestidinho curto. A roupa dela é tão justa que parece que vai explodir. É muito gostosa. O sogro não conseguiu pegar ela fodendo com outro. Ela quis dar para mim, mas eu comia a outra vizinha. À noite, no terreiro, percebi a luz de um carro em uma rua deserta. Fui pelo meio dos terrenos baldios.

Minha esposinha Bianca – teste de fidelidade

Continuando a noite de tentações e desejos. Após Bianca e Jean tentarem satisfazer os desejos de seus corpos, numa sequência de provocações mútuas que culminaram num 69 espetacular, os corpos ainda estavam incendiados. Depois de implorar para Bianca se manter resistente ao pedido óbvio que Jean faria para invadir seu cuzinho na bucetinha dela. Já não tinha tanta certeza das forças de minha esposa fiel, uma vez que, após o boquete que ela havia dado ao nosso amigo, Bianca permaneceu presa aos beijos apaixonados do seu novo amante. Ele ainda estava com a pica adormecida pelo gozo que havia derramado na boquinha de minha esposa. Provavelmente seria restaurado em alguns minutos. Jean continuava deitado no tapete, mas agora completamente nu. Enquanto Bianca mantinha a sua calcinha e a minha camisa no corpo bronzeado, ela estava montada com a bunda no tórax de Jean, deitada para ficar se beijando com o garanhão. O seu pau já começava a dar sinais de vida, fazendo com que a cabeça do seu pau chegasse até a bunda de Bianca. Ela, percebendo que o objeto estava encostando no seu traseiro, começou a rebolar devagarosamente no tórax do nosso amigo, encostando as duas mãos nas ancas da bunda de Bianca de forma abrupta, sem interromper o beijo.

Minha esposinha Bianca – Explicações e consentimentos

Levantei cedo e peguei a estrada. Precisava voltar para cuidar da pousada, depois da ampliação que meu pai havia financiado. O movimento já era grande. Havia um aumento significativo e, consequentemente, seria necessário realizar algumas alterações na administração. Nem sequer acordei Bianca e saí correndo. Ao chegar à pousada, antes de iniciar as tarefas, preparei-me para observar as câmeras de filmagem de ontem à noite e tive uma experiência deliciosa. Foi um filme espetacular de safadeza discreta. Em seguida, verifiquei se havia alguma troca de mensagens entre os dois. Após aquele domingo, eu tinha a certeza de que muitas coisas iriam mudar. Não recebi nenhuma mensagem. Iniciei minhas tarefas por volta das 10 horas da manhã. Observei que havia umas mensagens enviadas por Jean para Bianca, pedindo para conversar com ela. Bianca não respondeu. Voltei às minhas atividades após o almoço. Dessa vez, sou eu quem recebe uma mensagem de Jean.

Minha esposinha Bianca – Ainda voyeur

A seguir, tentar resumir o melhor episódio. Após passar a manhã na praia, acordei do sono e chamei Bianca. Antes que ela acordasse, corri para o banho e, logo depois, fui à cozinha para pegar uma cerveja. Ao ligar para Jean, ele disse que já estava pronto. Não traria a sua filha, a mãe havia ido buscar. A aula seria cedo no outro dia, então fiquei tomando minha cerveja no sofá. Jean chegou com um short de jogador, bem pequeno, que destacava suas coxas grossas. Uma camiseta de academia destacava seu peitoral alto e os braços fortes. Ofereci uma lata, mas ele recusou. Bianca apareceu na sala, vestindo um pequeno vestido amarelo. Muito curto, suas coxas e bumbum arrebitados eram destaques no corpo bronzeado. O perfume do corpo de uma mulher que recém havia tomado um banho se espalhou pela sala. Ela perguntou pela menina e Jean explicou o motivo. Ela lamentou por gostar bastante da menina. Jean já tinha um olhar arregalado para Bianca. Ela foi preparar pipoca e conversamos. Bianca começou a mexer no controle e escolheu um filme coreano. Apagou todas as luzes e disse:

Minha esposinha Bianca – Resumo e descobertas

No dia seguinte, fui buscar Bianca no horário combinado. Ela estava com um macacão rosa, bem colado àquele corpo maravilhoso, e uma mochila pequena. Comprimentei com um beijo na boca e fomos para o hotel. Eu queria passar o dia trepando com Bianca. No caminho, ela mexia no celular e dava algumas risadas em silêncio. Chegamos ao hotel e pedi para ela ficar à vontade, pois eu iria à recepção resolver um problema. Fiz isso de propósito para que ela ficasse mais à vontade. Quando retornei, ela estava deitada na cama, com uma lingerie linda e um fio dental alucinante, esperando-me na cama. Dei um sorriso safado e ela me chamou. Eu pulei na cama e ficamos dois dias trepando como animais. Nos intervalos, ela me perguntava coisas sobre sexo, e eu respondeva tudo. Senti-me um professor de uma ninfeta a partir daquele dia. Tivemos uma relação secreta, o que não era o que eu desejava, mas aceitei o acordo. Ficaríamos escondidos em encontros na capital e, quando ela fosse visitar os pais, procuraríamos uma forma de nos reencontrar. Isso se estendeu por cerca de dois meses. Nesse período, tive a oportunidade de receber visitas de amigos de Curitiba, da época da faculdade, e tudo estava indo bem. Havia um namoro escondido com Bianca e, em algumas ocasiões, aparecia-a acompanhada do tal bombeiro. Sem ela ter conhecimento, apenas alguns amassos em lugares públicos, sem nada de grave, mas preferi não comentar, até porque também tinha meus esquemas com turistas na praia. Dessa forma, não via necessidade de cobrar nada de Bianca. Mas aquela situação me deixava muito ansioso e preocupado. Afinal, estava criando um sentimento por Bianca e até pensava em conversar com os pais dela sobre minha intenção, mas, para isso, precisava saber se Bianca queria algo mais sério comigo. Deixei de lado essa situação por alguns meses e, num belo dia, procurei seu Sebastião para conversar com ele e Dona Fátima. Ele me questionou o motivo e eu respondi que era um assunto entre eles. Combinei tudo sem avisar Bianca. No dia, fui até a residência deles. Esse foi o contexto do encontro.

Minha esposinha Bianca – Descobrindo meu destino

É quando encontramos pessoas que despertam emoções em nosso ser. Atualmente, acompanho diversos contos eróticos e tenho um grande interesse pelo tema cuckold. Concluí que a Bianca despertou esse interesse em mim, sem que eu imaginasse. Isso é natural e natural, e vou explicar a partir de agora. Após a tarde de sexo com Bianca, percebi que o meu destino estava nas mãos dela. O homem que nunca pensou em assumir um compromisso sério, que escolheva a mulher com quem queria ficar, não existe mais. Não parava de pensar naquela ninfeta gostosa. Deixei Bianca em sua residência e voltei para a pousada. Esperei que ela me enviasse uma mensagem, mas me enganou. Ela havia retornado à capital sem ao menos me dar um alô, o que me deixou inseguro. Será que ela não teria gostado da minha pegada? Não atingiu a química? Sou um homem normal, sem excessos. Meu pênis tem 17 cm e seguro bem a ereção. As mulheres me elogiam com frequência, mas, com Bianca, não conseguia encontrar respostas. Sua bipolaridade me deixava confuso. Fiquei dois dias sem notícias, até que, numa quarta-feira, ela me enviou uma mensagem. Olá, querido amigo. Como vai? Você desapareceu. Como está a situação?

Minha esposinha Bianca – Realizei

Após uma conversa quente com Bianca, e uma punheta que não batia há muito tempo, acabei perdendo o sono. No dia seguinte, decidi ir à praia cedo e passar o dia fazendo kite. Além de adorar, a atividade também servia como terapia. Dessa forma, acabei evitando pensar em Bianca. Fiquei o dia todo sem usar o celular, exceto à noite. Deitado na cama, decidi postar uma imagem em uma rede social, registrando uma onda no mar. Pouco tempo depois, recebi uma mensagem no PV elogiando a imagem que havia postado. TENTADOR, fui verificar quem era e descobri que se tratava de Bianca. Fiquei confuso e não respondi. Aquilo estava me deixando louco. Fiquei mais um dia sem contato com Bianca, até que ela me enviou uma mensagem. Olá Jorge, peço desculpas pelo incômodo. Você está muito irritado comigo? Peço desculpas pelo excesso de peso que lhe causou. Você é um homem interessante e não quero que fique chateado. _#_. Bianca, não, você não me maguou, eu acabei confundindo as coisas. Peço desculpas, entendi. Como é que isso acontece, Jorge? Você se enganou? Por gentileza, explique-me esta questão? Olá Bianca, sou um homem bastante direto e nunca causei problemas em meus relacionamentos. Ao contrário, com toda a modéstia, escolho meus relacionamentos. No entanto, estou sendo direto com você e isso está me causando confusão.

Oraçao para esposa virar hotwife

A oração foi feita e prometi divulgar para que tudo desse certo: A Rainha Maria Padilha (Pomba Gira), São Cipriano e Maria Mulambo (Pomba gira) Ao Exu Duas Facas Musifim; Ao Exu Caveira; À Arrepiada (Pomba Gira); À Cigana Iris (em nome de todos os povos ciganos); À Pomba Gira da Calunga (cemitério); À Pomba Gira das Almas; À Iemanjá; À Rosa Caveira (Pomba Gira); Ao Exu Marabô e às Almas. Série Salve 13 Peço que, neste momento, DEISE pense em TRANSAR. Queria, a todo custo, TRANSAR, ficar comigo e com outros. Que sua boca sinta muita vontade de me beijar e que sua mente só tenha desejos de SEXO! Tenha apenas pensamentos de SEXO, tesão, comigo e com outros homens que você queira TRANSPAR.

Minha esposa com a lésbica

Era uma sexta-feira à tarde. Sentei-me na pequena área na porta da cozinha. Uma área pequena, com pés de dois caibros, coberta com telhas de brasilit finas e velhas. Uma cobertura de 2 x 1,50 m, muito simples. Eu estava sentado na cadeira de área. Minha linda esposinha veio e sentou ao meu lado, uma gatinha de 1,70m, 45 kg, cabelos castanhos e longos a altura do bumbum. Um sorriso maravilhoso, manhoso, dengoso. A conversamos sobre alguns assuntos e logo surgiu a Sandra, de 23 anos, morena, 1,67m, 50 kg, seios M e rabo M. Sandra é irmã de um amigo meu, Carlos. Ele se chama João. A minha esposinha, sem noção, começou a falar. “O João alugava uma chácara e a gente ia para lá. Ficávamos de sexta até sábado.” Falei, mas quem ia? Ela e o João. Insisti. Falei que ele não comeu você. Ela disse que não, mas a putaria era grande. As meninas se pegavam na piscina e no banheiro.

Futura esposa na vara no pelo

Quando estava saindo do meu primeiro casamento, conheci Alê, de dezoito anos, 1,70m, 45kg e cabelos longos. Os seios são a altura do bumbum, sem bicos, rabinho pequeno, rostinho fino, meiga, fala mansa, menina com atitude, eu maduro, experiente. Como falei em outra ocasião, comecei a comer a deliciosa sempre com camisinha. Bom, resolvemos ir ao clube de piscina, um clube distante da cidade. Procurei-a pois me sentia muito bem com aquela deliciosa. O clube tem várias piscinas. Eu apertei a sunga apertada. Entramos na piscina trocando beijos deliciosos. Ela é uma mulher inteligente e sedutora, o que me deixa excitado. Ela se posiciona à minha frente com a bunda no meu pau. Ela sente o pau duro no meio do rabinho e, aos poucos, faz movimentos. Cada momento me deixa mais excitado. Abraço-a pela cintura e aproximo mais a vara. Ela brinca na água, curva o rosto para trás e me beija. Sua boca deliciosa e o olhar encantador penetram na minha alma. falo no ouvido dela , para amor vc está me enlouquecendo , vou findar te pegando aqui , ela ri , diz não pode aqui , mas por baixo da sua eu consigo sentir as verilhas depilada ao tatear , consigo tocar a bucetinha , mas sou advertido por ela , logo quando sinto meus dedos sentir ao fiozinhos de cabelo nos lábios da bucetinha , eu parecia um alazão louconpor sua égua , aliás potranca , deu hora de ir embora , fomos aos banheiros ela me veio de shortinho, mini blusa barriguinha magrinha de fora , eu já louco de tesão , dei uns beijos apaixonados , partimos embora pois já estava escurecendo , pegamos rodovia , saímos de uma rodovia e entramos na outra, parei o carro embaixo de um pontilhão , beijei aquela boca deliciosa , senti meu cacete molhar a cueca , sai com a certeza de comer a gostosa , entrei no motel a beira da rodovia , entrei no quarto 26 , ali ao subir as escadas atrás dela fique mais louco.

Safado queria minha esposa

Este evento ocorreu logo após o meu casamento, com um ano de casado e uma esposa maravilhosa. Tenho meu emprego e mantenho uma sociedade com um homem que conheci desde a infância. Ele é um pilantra, mas depositamos confiança nele. Alugarmos um barracão e montamos o nosso negócio. Eu era casado e ele casado com uma branquinha gostosa chamada Nice. Ela, geralmente, sustentava a casa, mas, posteriormente, começamos a trabalhar juntos e os negócios estavam se desenvolvendo bem. Às vezes, comparecia ao trabalho e o meu sócio já se aproximava para puxar um papo doido para comer minha linda esposinha. Mas ela não deixava barato. Eu, de boa, ia à casa dele ou encontrava a esposa dele e a respeitava. Mas o tempo passou e ele deu uma cantada na minha esposa gostosa. Ele babava para comer minha esposa, como percebemos, mas tirei de letra porque minha esposa deu umas comidas no rabo e ele cortou-o no talo. Mas ele é um demente. para minha surpresa era a esposa do meu sócio, conversou alguns assuntos como estava indo a empresa e tal , mas rapidinho ela chegou ao que a ela interessava e me falou que estava a fim de ficar comigo , poxa fiquei surpreso , mas ela disse pra mim que gostou de mim e que estava muito afim , retruquei sobre ele e ela disse fazer o que gosto de vc , então pensei poxa ele quer fuder com a minha e a dele quer dar pra mim, falei que poderíamos conversar, mas como ela sabia que eu estava sozinho insistia em vir dormir comigo , então resolvi ficar com ela , ela veio de moto taxi a noite e ficou comigo a noite.

Esposa çom o pau no cuzinho

Minha esposa é uma cadela. Imagine-se casado com uma deliciosa de 31 anos, branca, de peitães, rabinho delicioso, 1 70m, 54 kg. O ex namorado quebrou o cabaçinho da buceta quando namoravam e, depois de casado, quebrou o cabaçinho do cuzinho. A safada começou a ir ao sexshopping para comprar um vibrador de 16 cm grosso, mas rosa, com alguns fios rosados no cuzinho. Cada dia, comia uma mulher com uma profissão diferente, a buceta e o vibrador no cuzinho, a buceta e o vibrador na buceta, muita putaria. Ele engoliu a porra dela, com o grelo inchado de tanto chupar, mijando no meu pau e gozando na bucetinha. Ela pedia para eu não chupar o cuzinho dela, pois ela pedia para não escorrer e demorar a sair tudo. Além disso, as massagens na vara e bolas, mas a safada descobriu um vibrador grande, que uso para massagens nos ombros e outros músculos.

Minha esposa deu no baile

Minha esposa insistiu para que eu levasse ela para um baile dos anos 80. Relutei em ir, mas ela convenceu-me. Ela estava animada para ir ao baile. Alê tem 32 anos, é branca, tem 1,70m, 54 kg, cabelos castanhos e longos, seios G e rabinho M. Bom, chegado o dia e hora, ela foi à depiladora e depilou tudo, axilas, bucetinha e cuzinho. Depois, foi à cabelereira e deu um trato no cabelo. Foi à manicure para dar um trato. Ela estava magn11ro fio dental e um cordãozinho na parte de trás. Disse-lhe que iria bem no cuzinho, certo amor? Ela riu e disse que ia. Colocou um macacãozinho jeans short, com as costas totalmente de fora. Apenas as alças passavam nas costas. Vestindo uma meia branca e um tênis branco, tomou um banho e começou a se arrumar. Se maquiou, ficou linda, usou um batom avermelhado e colocou um chapéu cinza. Fiquei orgulhoso de ter a parceira tão bonita para sair e festejar, mas mal sabia eu que o ex namorado iria estar presente na festa e como DJ, aliás, nem o conhecia. Partimos. Às vinte e três horas, a esposa já estava dançando. Entramos na pista, eu meio duro, as luzes quase apagadas. retorna a pista e sinto que ela quer distancia de mim , eu me aproximo , ela vai dançado e saindo, o globo gira ela some no meio da multidão , eu a procuro , mas nada , ela retorna, conversa comigo , eu falo vc sumiu outra vez , ela fui ao banheiro , td bem , chega às uma e trinta da manhã minha esposa desaparece , fico procurando ela e nada , não está dentro do salão , no banheiro nada, me preocupo e continuo a procura , as duas e trinta e oito ela retorna , indago ela mas ela é rápida e diz fui lá fora tomar um ar , as três horas falo vamos embora , ela reclama , diz estar cedo , mas falo vamos , conclusão da história , ela escapava pra ficar com o ex namorado , ele dava uns amassos , ela retornava, na última vez que sumiu ele a comeu dentro do carro , este relato é algo ocorrido comigo , um caso acontecido para reflexão da vida, Todos os meus contos não são ficção. Se aconteceu com você, compartilhe.

Enrabou minha esposa

A seguir, vou relatar mais um episódio. Era sexta-feira, minha esposa Alê, de 31 anos, 1 70m, 54kg, branca, cabelos longos castanhos, seios G e rabinho M, entrou no banheiro da nossa suíte. Ela deixou a porta do quarto aberta. Fui até a porta e vi que estava depilada, com uma perna erguida na parede e depilando a bucetinha. Pqp, que delícia! Ela disse que caralho , eu fui na porta do box , abri , ela disse espera eu terminar , eu tirei a cueca e fiquei parado vendo essa cena linda , ela lavava o barbeador e depilava passava a mão pra ver sé estava lisinho , ela terminou lavou o barbeador , entrou embaixo do chuveiro e lavou tudo, eu entrei e virei ela de costas , beijei a bunda dela chupei o cuzinho e a bucetinha, cuzinho virgem , tomamos banho ela falou vamos pra cama , fomos eu deitei ela veio e ficou de conchinha , eu acostumado só na bucetinha, lubrifiquei o pau , a bucetinha e penetrei, ela fazia movimentos pra trás, pra frente , mas derepente ela segurou no meu pau , colocou na portinha do cuzinho e falou quer , porra tudo que eu queria , falei quero , ela disse passa gel , passei gel mó cuzinho dela e no meu pau , ela categórica , fala coloca devagarinho qdo eu mandar vc para, mas para viu. eu obediente penetrei a cabeça ,ela travou o cuzinho , ela urrou , falou , para para amor , para, tira tira não empurra não empurra , se vc empurrar nunca mais te dou , eu num tesão da porra, não tirei mas senti dores na cabeça do pau , ela gemia e implorava pra mim tirar foi tanta suplicace enforcamento de pica eu gozei , tirei a pica do cuzinho dela , cuzinho virgem, passou um mês , eu está novamente deitado ela tomou banho e veio toda feliz , deitados na cama roulou um clima , ela de fiozinho eu beijei a bunda dela chupei a bucetinha , minha intenção era comer a bucetinha, o cuzinho ela nunca quiz dar a não ser está vez anterior , começamos a nos pegar o gel na cabeceira da cama , tirei o fiozinho dela , estava fodendo a bucetinha , ela nãovamente tira meu pau da bucetinha, coloca na portinha do cuzinho e diz vc quer , falei sim , ela passa gel , recomendou pŕenetra devagarinho , eu vom todo cuidado passei gel no anélzinho dela , coloquei na portinha do cuzinho, ela recomendou de novo ,falou está devagarinho, eu fui colocando, a cabeça entrou , minha esposa disse para parei com a cabeça dentro , ela de conchinha se acomodou e passou as mãos pra trás senti uma mão de um lado da minha bunda e outra do outro lado , eu vom maior cuidado com o cuzinho dela , a fdp deu a bundada pra trás, entrou até o pé ela empurrava a bunda pra trás e puxava minha bunda pra frente , entrou até o pé dos 19 cm, na verdade o pau dentro e eu imaginava , alguém comeu , aquele dia ela gritou , no andar da carruagem descobri que o ex namorado dela fez o cuzinho dela , esse cara tinha feito a bucetinha quando ela era solteira , tenho mais coisas dessa safada , se vc leu gostou blz , se não gostou blz , mas falar que meus contos são ficção vc tá de brincadeira , leia os que tenho escrito nem um é ficção.

A Calcinha Da Minha Esposa

Como já havia mencionado anteriormente, minha esposa Alê tem 31 anos, 1,70m, 54kg, é branca, tem cabelos longos, seios M e rabinho G. É linda, meiga e maravilhosa esposa. Fazíamos amor, pois eu a amo muito. No entanto, ela parou abruptamente de transar comigo. Eu queria, mas ela disse: “Amor, não sei o que está acontecendo comigo. Sinto tesão e o meu sistema nervoso está mal. Então, falei: vamos procurar ajuda médica para você.” Ela desconversava-se. mas a desconfiança de que ela a estava fodendo com outro era grande , mas ela agia como nada estivesse acontecendo , pra mim não ficar na seca , minha Alê disse amor vamos comprar uma vacina de silicone , falei pra que , ela eu quero assistir vc comendo , a gente compra com bucetinha e cuzinho , falei não , ela ah compra amor , vai , eu quero ver vc comendo , eu resisti e não comprei , mas escondido de mim estava o anticoncepcional que não usava comigo , senha no celular e noot, cada vez mais estranha , antes não tinha briga , sogra já havia começado , eu trabalho até as 13 hs , ela começou a passar no meu trabalho as doze horas e ficar um pouco lá , era gostoso ela vinha bem vestida , uma gata. todos a elogiavam , as mulheres por elogiar mesmo , os machos elogios respeitosos , mas loucos pra comer , naquele dia amanheci com muito tesao , tentei comer mas não deu , as doze hs ela passou no meu trabalho e ficou , qdo sai do trabalho ela veio comigo , a bichona estava feliz e muito gostosa , eu a amo , então eu tb estava feliz , chegamos em casa ela foi pro banho , eu me despindo , ela tômanfo banho , saiu enrolada na toalha , tirou a toalha eu enlouquecido por tras lambi o rego dela que a lingua entrou no cuzinho , o pau quase gozou , eu imaginei vou comer , corri pro banho , fui no cesto , a calcinha fio dental vermelho , peguei pra cheirar e sentir o cheiro da bucetinha , olhei no fundo estava cheio de porra , mas cheio mesmo , soltei de volta e imaginei algum macho comeu , mas tomei banho imaginando vou comer , quando sai do banho , minha esposa deitada coberta , puxei a coberta , ela de blusa e calça moletom, tentei ela disse estou cansada , na verdade cansada de entrar em outra vara , ela dava pra macho , passava no meu trabalho e vinha descansar , tem mais saidinhas dela conto depois.Caso realístico.

Quando minha esposa começou a me trair

O meu casamento era de dez anos e minha esposa Alê tinha 1,70m, 54kg, branca, cabelos longos, seios G e rabinho M. Ela era meiga e linda. No início, apareceu uma senha no celular e no nootbook, algo que nunca utilizávamos. Ela reclamava que não tomava anticoncepcional, pois alegava engordar se tomasse. Concordei e, com cautela, trepava com ela e gozava fora. Ela tinha uma vida sexual bastante satisfatória, mas, repentinamente, Comecei a comer uma vez por semana e ela começou a dar balão em mim quando eu estava trabalhando. À noite, ela me deixava na casa de uma amiga. No sábado de manhã, ela me deixava na loja dela e eu saia. A desconfiança aumentou, mas eu não conseguia acreditar que ela fosse capaz de tal façanha. Ela era um exemplo, mas o anticoncepcional estava dentro da bolsa. As calcinhas diminuíram de tamanho e comecei a encontrar calcinhas cheias de gosma, o que era uma coisa estranha. Chegava e o vibrador estava cheio de gosma. Já não conseguia mais Fiquei alucinado quando ela entrou no banheiro e começou a depilar a bucetinha e o cuzinho. Eu queria chupar a bucetinha e o cuzinho, mas ela disse que não. Caralho, logo ela saiu e retirou um fio dental minúsculo. Deitei-me na cama, de costas, olhando o fio enterrado. Ela se curvou para pegar algo na gaveta. Fui e passei a língua no rabo dela. Senti o cuzinho na língua. Ela deu uma fechada no rabo e ficou brava. Você não acompanha-me ao médico. Uma situação bastante complexa ocorreu quando ela entrou em estado de depasamentoressão. Ela dormia durante todo o tempo em que eu estava em casa. A casa abandonada era abandonada, o que me deixava deprimido, mas eu observava o velocímetro do carro e anotava. Ela saía rodando, voltava e dormia. Enquanto eu cuidava da depressão dela, ela se agravava, o cdeca ficava cada vez pior, até que descobri que o ex namorado dela a comia há três anos.

Minha Esposa Gostosa e a Peça de Teatro 03

Passado algum tempo desde a última apresentação de Gabi, percebi uma crescente preocupação em relação a isso. Após ouvir a conversa de Gabi com Fernando sobre ela querer “desvendar a essência” da personagem e ter cenas mais “intensas”, fiquei apreensivo. A peça foi um grande sucesso, as pessoas estavam loucas para assistir. A venda de ingressos disparou, mesmo com Fernando aumentando em 10 reais o valor, e, praticamente na mesma hora em que abriram as vendas, eles se esgotaram. Isso sem contar a outra peça, que não conseguiu competir com a nossa e acabou cancelando as apresentações devido ao fracasso na venda de ingressos. No entanto, acho que o pior era o ego de Gabi. De cem mil seguidores para quase trezentos mil, Gabi se sentia uma verdadeira atriz de Hollywood e tudo o que ela queria era se destacar cada vez mais. O problema era que a maneira encontrada por Gabi para se destacar era através de cenas cada vez mais sensuais. Dessa forma, sei que existem obras, tanto em filmes quanto em peças de teatro, que exigem uma maior entrega dos atores em cenas quentes. A Gabi mostrou-me alguns desses filmes para me convencer, como um filme da atriz Eva Green, “Os Sonhadores”, em que ela tem várias cenas de nudez BASTANTE, o que deixa claro os genitais, além de outros com cenas de sexo mais calientes. No entanto, era percetível que tudo aquilo era simulado e muito bem ensaiado, ao contrário do que acontecia no teatro, onde Fernando e Gabi estavam literalmente improvisando as cenas. Mas ela acabou convencendo-me depois de uns cinco ou seis boquetes enquanto eu via os filmes.

Minha Esposa Gostosa e a Peça de Teatro 02

Após Gabi me informar que teria que ficar de Topless em sua próxima apresentação, fiquei extremamente irritado. Contudo, ela disse que o público não teria acesso a nada, uma vez que ficaria de costas para a plateia, o que a tornaria invisível apenas para Fernando. Sei que ela disse isso para me tranquilizar, mas só me deixou ainda mais desconfortável. Qual seria a minha opinião a respeito? Atualmente, a maioria das obras literárias de fantasia e ficção apresenta nudez. Além de assistir a Game of Thrones ou Euphoria na HBO, The witcher ou Sex Education na Netflix ou qualquer outra série, a nudez é um dos temas mais populares atualmente. A venda de sexo é uma realidade e, por isso, não seria benéfico perder a oportunidade de realizar o sonho de Gabi por uma simples questão de entretenimento. Fiz o que era necessário e aceitei, confiante de que Gabi e Fernando seriam profissionais, afinal, não fariam nada impróprio diante de tantas pessoas. É o que eu pensava. A noite de apresentação chegou e, admito, o lugar estava bem mais lotado do que na última vez. A plateia estava entusiasmada e ansiosa para a apresentação, mas Gabi me disse que alguém espalhou, de forma inesperada, a notícia de que haveria mais nudez na peça de hoje, o que tornava possível supor o motivo do teatro estar tão lotado.