Categoria: Contos eróticos 2022

Leia os contos eróticos publicados no ano de 2022. Contos eróticos de qualidade escritos por pessoas que existem de verdade. Você com certeza vai adorar ler essas histórias eróticas que são bem recentes, mas precisamente de 2022.

Quer ler relatos eróticos reais e bem picantes? Aqui você vai encontrar milhares!

Bolei aula para fuder!

Bolei aula para fuder!

Essa semana bolei aula porque estava louca para transar. Peguei uma carona com o Sr. Carlos que estava me levando para a faculdade porém, eu já fui sem calcinha para provocar o coroa. Ele não resistiu e mudou o trajeto me levando para o motel. O coroa ficou tão excitado que …

Fiz DP no meu trabalho

Fiz DP no meu trabalho e gozei gostoso demais. Me chamo Juliana, tenho 32 anos e trabalho como secretaria em um escritório de engenharia. E os dois engenheiros donos daqui disseram que queriam me oferecer uma proposta irrecusável. Como estou aqui há apenas 5 meses e estou fazendo um ótimo serviço achei que queriam me […]

Passei a rola na minha enteada safada no carro

Passei a rola na minha enteada safada no carro. Você vai ficar louco ou louca de tesão com essa historia de sexo intensa entre eu e essa novinha safada do corpinho gostoso. Minha enteada se chama Bianca, ela tem apenas 24 anos, ruivinha linda que tem um corpinho branquinho bem gostoso que me deixa louco. […]

Comendo a empresária

O conto que vou descrever aconteceu ano passado quando trabalhava de office boy, quando recebi uma ligação de uma empresa que não vou falar o nome, mas nessa empresa trabalhava um casal. Lá foi onde eu acabei comendo a empresária, enfim, vamos aos detalhes… Fui recebido pelo marido, quando entrei na sala vi aquela linda […]

Putaria na academia

Sempre nos treinos de jiu-jitsu tem várias pessoas assistindo. Nesse dia uma me chamou a atenção: loira, branquinha, cabelos cacheados e um corpo escultural. Ela observava atentamente a aplicação das técnicas com um contato corporal muito intenso e que remetem muitas vezes ao ato sexual. Mas não pude deixar de notar que ela não parava […]