Dei viagra pro meu namorado e ele me esfolou toda

Dei viagra pro meu namorado e ele me esfolou toda. Se você ta afim de um conto erotico bem sacana e gostoso e além de tudo real. O meu com certeza vai te deixar excitado e garanto que o orgasmo virá bem antes de terminar o conto. Então leia a seguir tudo sobre o dia que eu acabei sendo esfolada com vontade por meu namorado porque eu fui com sede demais ao pote e acabei me arrependendo um pouco. Mas acontece, pelo menos eu gozei muito, muito mesmo, mas tive que dar conta do recado depois que fiz essa loucura e isso que foi difícil. Me chamo Janaina, tenho 25 anos e moro no interior do Paraná, por isso não vou falar o nome de cidade, pois ficaria fácil demais e alguém de la poderia estar lendo esse conto. Eu tenho um namorado chamado Rogerio, ele tem 38 anos, bem mais velho que eu, mas a gente da super certo. O negocio é que recentemente devido a correria de seu trabalho ele não estava la aquilo tudo na hora do sexo. Estava bem cansado sempre e não aguentava mais de 15 minutos fodendo, antes era quase uma hora metendo sem parar, mas hoje estava bem ruim. Então eu resolvi tentar encontrar uma alternativa e fui até uma farmácia e dei viagra pro meu namorado. Comprei aquele azulzinho legitimo, era final de semana, eu dei pra ele e esperamos um tempo. Depois de quase meia hora começou a fazer efeito e ele foi ficando vermelho, o cara da farmácia disse que era normal, e eu fui começando a fazer carinho nele, a gente foi trocando beijos, ele foi ficando pelado e eu ficando cada vez mais molhada porque o pau dele estava ficando bem duro mesmo e não estava assim antes. Então eu fui pra cima e comecei a chupar o cacete dele que tava estralando de tudo, tudo porque eu dei viagra pro meu namorado e ele começou a ficar louco de tesão. Ele nem quis que eu demorasse muito no oral e já foi me chupando e logo metendo a rola com tudo dentro de mim. Eu estava deitadinha e ele socando a pica sem dó e eu gemendo loucamente com essa pistola entrando de acordo. Coloquei um funk pra rolar e parti pra rebolada na pica do safado que me macetava de acordo. Ele parecia uma maquina do sexo, estava irreconhecível. E eu fui sentando cada vez mais firme no cacete desse malandro deixando ele mega excitado. O safadinho ia me dando tapas bem fortes na bunda e eu rebolando intensamente no seu caralho. Depois ele me pegou de quatro e foi macetando ainda mais forte e eu fiquei molhadinha com essa pegada delicia e gozei gostoso. E ele foi metendo e metendo, adora quando eu fico de quatro e assim ele gozou gostoso me deixando toda suja de porra. Demos uma pausa, tinham passado quase meia horinha. Ai ele veio querendo de novo e eu fui me abrindo pra ele. O danado foi macetando com mais força e eu gemendo já ficando toda esfoladinha. Mas estava bem gostoso e ele continuou socando com bastante força me deixando bem molhada e assim eu gozei a segunda vez e pouco tempo depois ele gozou também. Eu estava mega satisfeita, mas como dei viagra pro meu namorado ele ainda queria mais. E tive que aguentar mais uma vez ele me comendo forte e foi metendo por mais quase meia hora e eu tive que parar, fui batendo uma punhetinha e mamando até ele gozar de novo. Foi gostoso mas bem dolorido essa foda louca.

Não aguentei e comi a mulher do meu cunhado

Não aguentei e comi a mulher do meu cunhado. Hoje vou lhes contar uma história de talarico, sobre o dia que eu peguei mulher casada pela primeira vez. E confesso que gostei demais de ter feito isso a primeira vez. Uma loucura mesmo que rolou na casa onde moro. Não é minha e sim de meu sogro, como ele tem uma loja de carros bem promissora é um velho bem de vida. Ele tem uma filha que é a minha esposa e um filho que é meu cunhado. Eles ajudam o velho na loja de carros, na verdade todos nos trabalhamos la, inclusive eu e Joana, a esposa de meu cunhado. E a gente vive nessa mansão que tem vários quartos, piscina, área gourmet e tudo. O velho fez isso porque queria ver a família unida, e funcionou porque não queremos sair de la. O único problema foi que eu acabei me aproximando cada vez mais de Joana, ela é uma mulher espetacular. Como meu cunhado também tem grana se casou com uma loirona siliconada de tirar o folego. Todos piram por ela, e eu sempre na minha, com o tempo fui me aproximando cada vez mais dela. Na casa e no trabalho a gente sempre tava junto e isso nos aproximou porque mesmo morando la ainda não eramos da família como os outros. Devido a essa proximidade um dia estava todo mundo já dormindo, era de madrugada. Eu fui beber agua e comer um pavê bem gostoso que minha sogra tinha feito. Então acordei de madrugadão e fui pra cozinha de cueca mesmo, como era tarde achei que ninguém iria passar por la aquela hora. Mas Joana parece que estava na mesma, queria comer aquela sobremesa maravilhosa. Então nos dois começamos a comer e conversar, e como eu estava de cueca e ela de camisola foi rolando aquele clima quente entre nós. Quando eu vi já tinha largado o pavê e estava beijando aquela boca carnuda deliciosa. E la na cozinha mesmo a gente foi se pegando gostoso. Eu afastei um pouco a cadeira e ela foi tirando minha pica toda dura pra fora e já foi abocanhando ela toda. Eu fiquei realmente louco de tesão com essa loiraça maravilhosa mamando minha pica. Nunca tinha rolado isso comigo, eu pegar uma mulher tão gata assim, e naquele momento ela tava com a boca no meu microfone falando sem parar. Depois disso ela veio no meu colo, colocou sua calcinha de lado e começou a rebolar gostoso e a beijar minha boca. Eu que não sou bobo já fui chupando seus peitos. Tirei essas lindas tetas pra fora e comecei a chupá-las com vontade e naquele momento eu comi a mulher do meu cunhado e estava adorando. Todo mundo nos quartos dormindo e eu sapecando pica nessa tarada loirinha deliciosa. Depois de uma rebolada boa, ela ficou em pé, apoiada com as mãos na mesa e a raba enorme empinadinha. Eu louco de tesão encaixei fácil meu pau naquela xota molhada e fui distribuindo pirocadas de acordo na bandida deixando ela louca de tesão. Depois disso ainda me deitei no chão da cozinha mesmo e ela veio dando uma quicadinha bem nervosa na minha rola. E eu comi a mulher do meu cunhado gotoso demais, ia dando tapas na sua bunda enorme e ela quicando e sarrando o dedinho na xoxota. A bandida gozou e alguns minutos depois com essa sentada maravilhosa eu gozei também no seu bucetão gostoso e molhado. Limpamos a sujeira e fomos dormir bem cansados após essa foda louca de madrugada que fizemos sem frescura até gozarmos gostoso.

Travesti putinha top me deu sessão de cuzinho

Travesti putinha top me deu sessão de cuzinho e eu gozei gostoso demais. Hoje quero contar aqui sobre uma história bem sacana que eu tive com uma putinha trans. Ela é famosinha porque faz uns videos no xvideos, já foi atriz durante um tempo. E ultimamente ela tava fazendo programas, mas cobra bem caro por ser famosinha. Mas eu sempre curti ver videos de trans e sempre gozei demais. E nesse dia meu amigo me disse que essa puta estava aqui em nossa cidade e que ficaria apenas um final de semana. Eu fiquei louco porque sempre foi meu sonho fodê-la. Mas ai veio a questão da grana, 500 reais a hora, eu não tinha esse dinheiro. Então já veio aquele banho de agua fria, mais ai eu lembrei que tinha um velho gay morando no apartamento de baixo de onde eu moro. Eu me chamo Henrique, tenho 21 anos e ainda moro com meus pais, por isso não tinha os 500 reais. Mas eu tinha 200 e precisaria do resto naquele dia. Então eu resolvi fazer algo que eu nunca tive coragem, mas pela situação foi preciso. Senhor Rogerio é o velho gay que mora no andar de baixo, velho gordinho que gosta de pica. Ele tinha a fama de pagar os novinhos do bairro por sexo, e pagava bem. Eu nunca quis nada com ele porque eu gosto de mulher, e claro gosto de trans também. Mas um velho gordo não fazia e nunca fez meu tipo, mas por dinheiro eu poderia fazer um esforço. Então eu fui até a casa dele, entrei e começamos a conversar, ai eu toquei naquele assunto e disse que por 300 reais eu deixaria ele me dar uma mamada. Ele começou a rir da minha cara, disse que por um boquete o máximo que ele me pagaria era 100 reais, mas 300 ele aceitaria umas pirocadinhas de leve no cu. Eu tive que aceitar porque não queria mesmo ficar sem foder essa trans deliciosa. Primeiro que ela é famosa e segundo que o cuzinho dela deve ser o mais gostoso do Brasil. Então eu aceitei, e pedi o pix primeiro que iria tentar enganar o velho, ai ele fez a transferência e já foi tirando meu pau pra fora. E começou a me chupar, ele não subia de jeito nenhum, mas com muito custo eu fiquei vendo um filme porno que ele colocou e eu consegui ficar de pau duro. Botei o velho de quatro e fui dando umas pirocadas no cu dele, então eu vi que ele tava distraído, peguei minhas roupas e sai correndo pelado pelo corredor. Rapidamente eu já fui pra minha casa e feliz com a grana, mais tarde fui na casa de shows e la estava a musa. Cheguei bem cedo pra ser o primeiro e tive essa sorte, a gente foi pro quarto e a trans começou a me fazer um show solo de strip. Ficou peladinha e começou a me chupar gostoso. Eu pirei com o oral dessa putona, depois disso ela já veio rebolando e dançando funk em cima do meu pau. E ele todo dentro do cuzinho da vadia que gemia gostoso com minha pica entrando. Eu estava realizando meu maior desejo, nem pensava no problema que ia ter depois com o velho gay. Mas eu so queria curtir o momento, peguei essa putinha top de quatro e fui socando com força dentro do cuzinho dela. A bandida louca de tesão tomando pistoladas cada vez mais fortes no seu cu. Pra finalizar ela voltou a rebolar, porém com a bunda virada pra minha cara e eu fiquei louco e não resisti. Tive o melhor orgasmo de minha vida e foi no cuzinho dessa travesti ruivinha deliciosa. Ela ainda me deixou gravar um videozinho sensacional, e confesso que valeu super a pena fazer tudo que fiz. Realmente uma história muito louca, mas com final feliz e bem sacana. Voce também já fez alguma loucura assim pra foder alguém?

Bati siririca no trabalho e tive orgasmo multiplo

Bati siririca no trabalho e tive orgasmo múltiplo bem gostoso e intenso. Uma loucura e eu não consegui resistir e gozei intensamente. Eu me chamo Beatriz e vou lhes contar uma história muito louca onde eu acabei me masturbando no escritório onde trabalho. Isso tudo aconteceu porque eu já estava pra sair de la, eu trabalhava em um escritório de advocacia de um velho bem idiota. Ele não me pagava bem e seu escritório estava quase indo a falência porque ele não era dos melhores advogados do mundo.  E acabou perdendo espaço pra galera mais jovem. Então antes de tudo cair eu pulei fora, mas alguns dias antes eu fiz essa loucura de siririca no trabalho. Era uma terça feira a tarde, tinha acabado de chegar do almoço e meu patrão disse que tinha que viajar e me pediu para trancar tudo. Eu então fiquei de boas, como é somente eu e ele trabalhando naquela sala pequena em um prédio comercial no centro de São Paulo. E nesse dia eu fiquei sozinha e estava um tedio porque ele não tinha muitos clientes. Eu já tinha feito tudo que precisava e comecei a assistir um vídeo no celular de um moreno bem gostoso. E isso foi me deixando louca de tesão, eu sozinha ali, sem câmeras já que até a câmera estava estragada. Então eu tranquei a porta de vidro, abaixei a cadeira e abri minhas pernas. Fui levantando a saia e abrindo cada vez mais as pernas, então eu continuei vendo esse vídeo e comecei a fazer carinho em minhas pernas o fogo foi aumentando  eu decidi colocar a calcinha pro lado. Nesse dia eu estava usando uma calcinha fio dental e então foi fácil colocar ela de ladinho, ai eu peguei primeiro uma caneta e comecei a colocar ela devagarinho na minha buceta. O vídeo do celular eu já tinha até saído dele e entrei na janela anônima do google e comecei a ver videos pornôs de negros dotados fodendo branquinhas. Eu fiquei louca de tesão e comecei a meter a caneta na minha xota. Fiquei extremamente molhada, mas ainda assim eu queria muito mais, ai eu me lembrei que tinha um cacetete guardado na mesa do meu chefe, ele tinha isso porque um amigo policial dele que morreu tinha deixado como lembrança.  Eu não pensei duas vezes e peguei esse objeto porque eu queria mesmo dar uma boa gozada, ai eu já fui pros fundos da sala e fiquei atrás de uma estante de livros, assim ninguém poderia me ver pela porta de vidro. Eu peguei esse cacetete e fiquei sentada no chão com as pernas abertas e fui colocando esse brinquedinho improvisado na minha xota. Eu estava louca de tesão, e fui metendo gostoso esse brinquedo, consegui penetrar uns 20 centímetros dele, quase a metade dele todinho dentro da minha buceta. Nesse momento eu estava toda molhada, nem estava precisando ver mais videos, eu apenas fechei os olhos e imaginei sendo comida por um negro gostoso. E como eu estava com esse cacetete preto socado na xota estava bem real. E eu estava batendo siririca no trabalho e prestes a ter um orgasmo bem gostoso. Eu fui metendo o brinquedo com vontade e acabei ficando toda molhadinha e gozei gostoso demais. Uma siririca de tirar o folego, eu sujei o chão todo com o mel da minha buceta. Limpei tudo, guardei o cacetete e desliguei tudo para ir embora. E foi um momento muito gostoso e intenso que eu tive nesse dia em pleno local de trabalho.

Comi a moradora de rua depois de sair da boate

Comi moradora de rua depois de sair da boate e gozei demais. Realmente uma loucura foder uma mendiga, mas eu não consegui resistir. Eu tinha ido pra uma festinha perto de casa em uma boate que tem aqui. E nesse dia eu não consegui pegar mulher nenhuma, na verdade troquei uns beijinhos, mas como estava sem carro no dia e sem muita grana pra um motelzinho não consegui arrastar nenhuma pra casa. Então eu enchi a cara mesmo, tentei mais uma vez e no final da noite quase por volta de umas duas da manhã eu resolvi ir embora. Semana passada tinha rolado a mesma coisa e nessa do mesmo jeito. Eu estava puto de raiva porque eu queria mesmo foder uma delicinha, mas naquela noite novamente não iria rolar e eu estava louco. Não queria terminar a noite de novo na punheta, e perto dessa boate tinha uma moradora de rua pedindo grana pra comprar bebida. Ela diz que é comida, mas eu sei qual é a dela. Ela e seus amigos vivem usando droga e pedindo dinheiro pra todo mundo do bairro. E dia de boate ela e seus comparsas sempre estão la pedindo grana pra galera. Mas nesse dia estava apenas ela, e novamente quando eu estava saindo ela veio me pedindo grana. Já até sabia meu nome como eu sempre ajudo ela com grana. Sei que ela vai gastar com cachaça e outras coisas, mas ela já ta na rua, então eu não me importo em dar grana pra ela fazer isso. Mas nesse dia eu estava bêbado e querendo sexo, e o tesão falou mais alto. Como ela também fica fazendo programas, pode ta o frio que for que ela fica sempre com blusinha e shortinho mostrando sua bunda toda. Nesse dia eu estava sozinho, sem comer ninguém e não consegui resistir. Ela veio me pedindo dinheiro e eu disse que dava até mais do que sempre dei. Mas ela teria que me fazer um favorzinho e a puta já sabia o que eu queria. Até ficou surpresa e disse que eu sou bonito e que não podia pagar pra foder, mas como ela queria dinheiro disse que iria me dar muito tesão. Eu dei a ela cinquenta conto e a puta me levou no lote abandonado onde ela costuma levar os clientes e também usar seus negocinhos. Eu fui la todo nervoso, mas já tinha dado o dinheiro, já tinha entrado no lote vago então não podia voltar atrás, e que queria muito foder. Então comi a moradora de rua, primeiro ela foi tirando o shortinho e eu fiquei impressionado. Ela é magrela, mas tinha um bumbunzinho bem gostoso, ela ficou peladinha e eu já tirei a pica toda dura pra fora. E a safadinha foi abocanhando minha pica e me chupando bem gostoso me fazendo pirar de tesão. Depois desse oralzinho gostoso ela ficou de quatro em cima de um monte de papelão e empinou sua bunda. Eu coloquei a camisinha, me ajoelhei e comecei a empurrar no cuzinho da safada. Ela foi gemendo e falando que meu pau era gostoso demais. Eu segurei sua cintura e fui metendo e metendo bem gostoso na safada deixando ela molhadinha. A puta ia pedindo pra meter mais forte, pedia tapas na bunda e puxão de cabelo. Disse que gostava era de foda bruta e de ser tratada como uma puta safada. E eu comi a moradora de rua e fui metendo cada vez mais forte naquele cuzinho gostoso até encher ele de porra fresca. Fui pra casa até leve depois de ter feito um sexo bem gostoso. E o resultado disso é que agora eu não consigo parar de comer essa mendiga do cuzinho gostoso e macio.

Dei pra pastor da piroca gostosa

Dei pra pastor da piroca gostosa e gozei loucamente nessa putaria intensa. Hoje quero compartilhar aqui sobre um sexo bem gostosinho que eu fiz há umas 2 semanas. Foi com o senhor Fernando, um moreno forte de 49 anos que é pastor da igreja que eu frequento. Ele tem um pauzão bem gostoso e eu provei demais dele, minha xota também, já meu cuzinho não aguentou já que o pau dele tinha quase 24 centimetros. E é sobre isso que vou lhes contar, como eu acabei fodendo com um pastor da igreja, e ele me esfolou todinha com seu pau gostoso. O que você faria se um homem que nem esses lhe pegasse gostoso? Um dia eu estava ajudando a limpar a igreja, achei estranho porque o pastor disse que tinha chamado mais um monte de mulheres da igreja. Quando cheguei somente eu estava la, e ele disse que elas desistiram de ultima hora. Não me importei, como tenho apenas 19 anos e estou desempregada no momento, Fernando estava me dando uma ajuda de 500 reais por mês. Ele disse que não costuma fazer isso com todas as pessoas, mas viu potencial em mim. Ele é um homem muito bacana mesmo, e além disso é bem charmoso. Nesse dia eu estava de boas limpando a sua mesa em seu escritório quando ele chegou por trás e me agarrou. Eu tentei sair porque era errado, ele era pastor e casado, não podia fazer isso. Mas ele me pegou de um jeito e ele é dono de uma piroca gostosa que ficou sarrando na minha bunda e foi me deixando molhadinha. Eu não disse, mas entrei na igreja porque eu era prostituta. Estava ganhando uma boa grana com isso, mas minha mãe descobriu ai eu tive que parar. Achei que iria ter uma nova vida na igreja, mas Fernando não deixou, eu queria parar de me prostituir, mas ele queria que eu continuasse e somente pra ele, então tive que aceitar. Por dois motivos, a piroca gostosa dele é bem delicia e o segundo é que ele começou a me pagar 2 mil reais por mês ao invés de 500 reais. Então eu tive que aceitar, ganhava bem mais me prostituindo, mas tive que dar esse tempo por causa de meus pais.Então voltando ao assunto desse dia, eu estava limpando como disse e ele veio por trás. Eu tentei sair, mas ele era bem mais forte e ficou tentando tirar meu vestido. Lhe dei um tapa bem forte e ele me pegou novamente e me jogou em cima da mesa, rasgou meu vestido, mas se conteve, saiu de perto e tirou um quadro da parede. No quadro tinha um cofre, ele abriu e tirou 2000 reais, jogou em mim e disse que me queria so pra ele e que iria me pagar todos os meses pra eu apenas foder com ele e mais ninguém. Eu aceitei porque não consigo deixar de ser puta, depois que se ganha grana dessa forma é um caminho sem volta. Então o safado tirou a piroca gostosa pra fora e começou a por na minha bucetinha, eu jogada na mesa fiquei gemendo e acariciando meus peitos enquanto o pau dele entrava com força dentro de mim. Depois disso ele me pegou no colo e me levou até o sofá e eu continuei em seu colo sentando sem parar. Logo na sequencia ele já foi me botando de quatro e ficou louco com minha bunda enorme pra cima. Tentou botar no meu cu mas doía muito e eu parei. Então ele teve que se contentar com minha xota e foi metendo e metendo sem parar com sua piroca gostosa. Como resultado disso eu fiquei toda esfoladinha com aquele pauzão entrando. E no final o safado ainda gozou na minha boca e eu engoli tudo feito uma atriz porno. Depois fui pra casa e já faz duas semanas que agora sou a sua putinha especial. E quase todo dia venho pra igreja e ele me come gostoso, comprou até um gelzinho especial lubrificante pra conseguir comer meu cuzinho gostoso.

Gozei com vibrador em siririca no trabalho

Gozei com vibrador em siririca no trabalho. Hoje quero contar uma história muito louca, sobre o dia em que eu acabei me masturbando no meu local de trabalho. Vou lhes contar tudo nos mínimos detalhes e tenho certeza que você também vai gozar gostoso onde quer que esteja. Se estiver também no trabalho o orgasmo será ainda melhor, o que acha de ler esse conto fazendo uma aventura no trabalho? Pelo menos se não tiver coragem de fazer isso, leia esse conto e goze gostoso sobre o dia em que eu gozei intensamente fazendo uma loucura dessas. Me chamo Maria Isabel, eu tenho 32 anos e trabalho como diarista em casas de luxo aqui na grande São Paulo. Apesar de ser doméstica acabo ganhando uma graninha boa, graças a minha tia que sempre foi domestica em casas de ricaços e ela foi me passando seus trabalhos já que ficou velha. Dessa forma eu aproveito, essas casas estão sempre vazias a tarde porque esses ricos não param em casa. Os maridos trabalhando e as esposas em shoppings ou restaurantes de luxo com as amigas. E na maioria das casas eu acabava ficando sozinha limpando bem a vontade. E tem um apartamento em especial que eu gostei muito e foi la que eu gozei com vibrador potente. Um negócio de louco, realmente devia ser bem caro. Não vou falar o nome da dona da casa, mas é uma coroa cheia da grana. O marido é que trabalha, ela fica so por conta de gastar a grana dele com seus amantes. E ela ainda tem um brinquedinho especial, eu achei ele um dia em uma gaveta no closed dela. Eu estava mesmo futricando, nem tinha que mexer nesse lugar, mas toda curiosa eu resolvi olhar o que tinha de bom e achei esse vibrador enorme bem potente. Quando eu liguei ele vibrou tudo, então como eu estava sozinha resolvi ir la pra cama king size dela e me joguei. E fiquei passando o brinquedinho dela, custei a ligar de tanto que ele era moderno. Várias velocidades eu fui testando todas e meu tesão aumentando que eu não consegui resistir. Fiquei completamente pelada, coloquei uma toalha velha que achei em cima da cama e comecei os trabalhos. Fiquei peladinha de pernas abertas e fui sarrando o brinquedinho potente na minha xereca. Eu fiquei louca de tesão e em pouco tempo gozei com vibrador sarrando minha bucetinha. Realmente uma coisa de louco, eu fui acariciando meus peitos grandes enquanto ia sarrando esse brinquedo com vontade. Fechei os olhos e fui sarrando na buceta e imaginando Robson me comendo gostoso, ele é o melhor amigo de meu marido, é tão gostoso e eu so posso imaginar porque ele é todo certinho. Então fiquei imaginando ele me comendo e fui sarrando o vibrador da patroa com vontade na minha xoxota e acabei gozei com vibrador. E eu fui sarrando e sarrando, mudava as velocidades e ia ficando cada vez mais molhada de tesão. Essas ricaças realmente sabem brincar quando querem gozar gostoso. E eu gozei com vibrador que ia quase esfolando minha xota de tão potente que era. Sorte que eu estava sozinha porque eu gemi e gritei muito, o tesão tomou conta de mim e eu não consegui me controlar. E fui gritando e o mel escorrendo entre minhas pernas, até que eu fiquei acabada e quase dormi. Me vesti, limpei tudo e voltei ao trabalho, e agora toda semana eu venho aqui e gozo gostoso com esse brinquedinho especial.

Dei rapidinho bucetinha de 4 pro pedreiro safado

Dei rapidinho bucetinha de 4 pro pedreiro safado que me pegou de jeito. Me chamo Maria Antonia, tenho 39 anos e acabei traindo meu marido pela primeira vez. E foi com Josimar, um pedreiro de 24 anos, negro gostoso que me pegou de jeito e me esfolou todinha. Foi bem rápido, mas foram 23 centímetros entrando com força dentro da minha bucetinha e eu fiquei bem esfolada, e claro, gozei gostoso demais. Tivemos apenas 15 minutinhos de foda porque meu marido estava prestes a chegar. Como isso que rolou entre nós não foi planejado foi rápido mesmo. Era sábado de manhã, eu tinha tido uma briga muito feia com meu marido. Ele estava me enchendo o saco porque na noite anterior a gente foi jantar e eu estava com um vestido curto demais. Ele tenta me controlar muito e eu odeio isso, sempre fica falando das roupas curtas que eu visto. Mas quando ele se casou comigo sabia que eu era assim. Como eu sou realmente muito gostosa mesmo eu gosto de mostrar meu corpo. Eu tenho uma loja de roupas e trabalho com isso, preciso usar minhas roupas para ajudar a vende-las. Eu amo meu marido, mas ele as vezes exagera nos ciúmes. Nesse dia eu acordei tão bem da vida ai ele veio me estressando logo cedo com isso. A gente brigou feio e ele foi trabalhar, o que não estávamos planejando e que Josimar estava la na casa e ouviu quase toda a briga. A gente esqueceu que ele tinha ido no sábado para finalizar a reforma da área gourmet e cozinha que tínhamos feito. Meu marido foi no trabalho para buscar uns papeis pra ele voltar e trabalhar em casa e eu fiquei la me arrumando para acordar e ir pra minha loja. Eu fui tomar café e Josimar estava la e me disse que não teve jeito e acabou ouvindo tudo. E disse que eu estava certa, que não podia deixar macho me dizer o que eu podia ou não vestir. E ainda continuou falando que gostava do jeito que eu me vestia e que particularmente ele achava muito bonito. Eu já estava estressada com meu marido e aquele negro enorme me falando isso me deu um tesão e no impulso eu acabei beijando aquele jovem gostoso e ele me pegou de jeito e comeu bucetinha de 4 rapidinho. E vou lhes contar como tudo isso aconteceu na cozinha. Nesses beijos eu já fiquei molhadinha de tesão e como ainda estava de camisola ele já levantou e foi apalpando minha raba com suas mãos enormes. No calor do momento ele tirou o seu pau pra fora e já foi colocando minha calcinha de ladinho e me comendo em pé. Um pau enorme bem gostoso, ele foi socando na minha xota e metendo com pressão. Disse que meu marido falou pra ele que não iria demorar, então tínhamos que ser rápidos. E o safado foi me bombando gostoso e eu estava louca de tesão com essa vara entrando forte. E pra me matar de tesão ele me botou empinadinha no chão feito uma cadela no cio e foi comendo minha bucetinha de 4. Eu fiquei gemendo bem gostoso com esse negão puxando meus cabelos e socando o cacete enorme dele dentro de mim. Acabei gozando bem gostoso e ainda deu tempo dele gozar também. Rapidamente a gente foi limpando toda a porra no chão e escutamos o portão abrindo. Ele já estava vestido, eu correi para o banheiro e ele fingiu que estava trabalhando. E rapidinho assim eu acabei traindo meu marido.

Comi a namorada do meu filho em troca de celular

Comi a namorada do meu filho em troca de celular. E claro que tive que dar o melhor celular pra ela, então tive que pegar dinheiro no banco para comprar um Iphone 13 novinho, dava pra comprar uma moto. Mas o tesão era tanto que eu queria mesmo realizar esse fetiche e com muita grana eu consegui. Com certeza o programa mais caro de minha vida, mas foi a realização de um sonho. Quase 45 minutos de puro sexo e eu gozei intensamente. Irei contar tudo sobre esses minutos que eu passei com Lorena, a namorada de meu filho mais novo. Eu me chamo Jorge, tenho 53 anos e tenho 2 filhos, Ruan e Ramon. O segundo é o mais novo, tem 18 anos e ele tem uma linda namorada ruivinha se chamada Lorena, uma linda ruivinha perfeita que realmente me deixou louco de tesão desde a primeira vez. Eu nunca tinha visto uma jovem tão linda, so em filmes pornôs. O jeito que ela olhava, aqueles cabelos vermelhos, a sua bunda perfeita toda empinada e claro, os seios perfeitos durinhos que eu sempre quis mamar. Essa jovem estava virando meu sonho de consumo, eu me masturbava todos os dias com ela. E um dia eu resolvi ir mais além, olhei no buraco da fechadura e vi meu filho comendo ela. Foi gostoso demais, e isso aumentou ainda mais o meu desejo por essa jovem ruivinha. Eu queria fodê-la de todo jeito e teria que tentar pelo menos. E com o tempo eu fui me tornando o melhor sogro que alguém poderia ter. Meu filho até começou a achar ruim, porque no dia do aniversario dela eu dei uma pulseira de prata, coisa que nunca tinha feito pra eles. Sempre com aquela desculpa de que a considerava minha filha pra ninguém desconfiar de minhas segundas intenções. Então um dia desses eu não consegui resistir, ela estava de biquini na piscina e meu pau ficou duro. Tive que colocar meu boné no colo para minha esposa e ninguém perceber minha pica dura. Mas ela estava notando meu olhar, o jeito que eu a comia com os olhos. Estava na hora de tentar dar um passo a mais, um dia conversando eu descobri que ela tinha um desejo. Queria muito um Iphone, nunca teve um e seu celular estava travando demais. Eu sabia então o que ela queria, fui olhar o preço e tomei um susto, mas eu queria muito Lorena, então valeria a pena. Fui na loucura e já comprei sem nem antes perguntar pra ela porque eu queria muito comi a namorada do meu filho. Fiquei com esse celular guardado por dias no porta mala do carro até chegar a oportunidade. Um dia a dei carona para sua casa já que trabalho no caminho e estava somente ela. Então eu parei o carro em uma rua menos movimentada e lhe entreguei o presente. Ela surtou de alegria, mas disse depois que não podia aceitar, era um presente muito caro. Eu disse então que queria fodê-la, tomei coragem e disse tudo, ela ficou bem impactada. Mas me surpreendeu depois. Disse que notou o jeito que eu olhava e cuidava dela. Eu insisti em ela ficar com o celular e disse que queria apenas um agradinho. Então essa safada tirou os peitos pra fora e eu fiquei louco de tesão. Comecei a chupá-los e ela tirou minha pica pra fora. E eu ganhei o boquete da bela ruiva, como dei um presente desses ela viu que quem poderia lhe proporcionar coisas boas era eu e não meu filho. Depois do boquete a safadinha veio rebolando na minha pica, tirou o shortinho e começou a sentar gostoso. Eu pirei comendo aquela bucetinha pela primeira vez. Depois disso eu comi a namorada do meu filho no banco de trás. Ela ficou de quatro e eu fui metendo gostoso o pau na sua bucetinha, ela gemendo e me pedindo para puxar seus cabelos ruivos. E a rola entrou de acordo, gozei bem rápido porque ela era delícia demais. Mas como dei um belo presente esse dia acabou não sendo a última vez. Depois pude levá-la pra um motel onde a rola entrou de acordo e no final ela me pediu mais um presentinho. Como resultado disso, agora eu tenho uma porção de contas pra pagar, mas sempre que da eu fodo uma bucetinha ruiva deliciosa pra alegrar meu dia.

Transei menstruada e dei meu cuzinho por 300 reais

Transei menstruada e dei meu cuzinho por 300 reais. Hoje vou contar pra vocês uma história muito louca do dia que eu fiz um sexo gostoso demais e por dinheiro. Eu me chamo Julia, moro em Brasília e vou lhes contar como acabei ganhando 300 reais em troca de vinte minutinhos de sexo anal. Foi com um amigo do meu pai, ele queria me dar essa grana e disse que por 20 minutinhos de sexo ele já estava mais que satisfeito, como era realmente uma grana muito fácil de ganhar eu não recusei mesmo. O problema é que esse dia eu estava menstruada, mas acabei encarando o safado assim mesmo. Ele queria foder a minha xota, mas como no dia eu não tava podendo perguntei se por vinte minutinhos de anal ele me dava esses 300 reais. O safado aceitou e eu também, então semana passada ele veio aqui em casa. Como meus pais trabalham a tarde toda e me deixam aqui em casa sozinha eu o chamei. Eu tenho 18 anos e eles querem que eu apenas estude, para ir a uma boa faculdade e ter uma profissão melhor que a deles. Então eu estudo muito mesmo pra conseguir entrar na faculdade de direito que eu quero. Como não sou rica eu preciso fazer meus corres para ganhar uma grana. E como seu Jadir veio me oferecendo essa proposta eu acabei aceitando. Ele vem muito aqui em casa porque é muito amigo de meu pai, desde a adolescência. E hoje esse velho é casado, pai de família, mas depois que eu completei 18 aninhos ele ficou me olhando demais, de um jeito bem diferente. Então há poucos dias ele tomou coragem e me ofereceu dinheiro por sexo. Disse que me dava 300 em troca de meia horinha com ele. E como disse aceitei, estava naqueles dias e tive que transei menstruada. Então ele veio, estava todo perfumado e com a melhor roupa que tinha. Eu estava normal, de shortinho e topper ele entrou e eu o levei para a sala. Iria ser bem rápido, então eu pedi primeiro o dinheiro, ele me deu 3 notinhas de 100 e eu fiquei toda alegre. Ele se sentou no sofá e eu comecei a tirar meus peitinhos pra fora e esfreguei na cara dele. O safado todo bobo foi me chupando, parecia ter dias sem foder gostoso. Eu esfreguei as tetas e sai de perto, ai fui tirando meu shortinho e fiquei rindo muito porque era engraçado fazer isso. Ai tirei o shortinho deixando ele louco de tesão. Eu estava de fio dental e absorvente porque como disse eu estava naqueles dias e transei menstruada.  A calcinha eu disse que não iria tirar para segurar o absorvente, mas coloquei ela de ladinho e fiquei de quatro com a minha bunda enorme toda empinadinha. O safado ficou louco de tesão, foi acariciando a minha bunda e beijando ela todinha, e perguntou se podia chupar meu cuzinho. Eu disse que sim e ele começou a me lamber e eu confesso que tava bem gostosinho. E não era porque o velho era feio que eu não ia sentir prazer ne. Então deixei ele colocar seu pênis, primeiro eu dei uma mamadinha e fiquei aliviada por ele ser bem pequeno. Ai o safado começou a colocar de leve e empurrar o pau PP dentro do meu rabinho apertado. E eu transei menstruada e o safado foi colocando gostoso no meu bumbum. Eu fiquei mexendo no celular e esperando dar os 20 minutinhos. Quando faltava apenas 5 eu disse pra ele se apressar e então senti a porra dele entrando no meu cu. Ele tirou o pau e me deixou toda suja, disse que gozou demais e deitou no sofá. Mandei ele vestir a calça e ele foi embora. E realmente em 20 minutinhos e eu ganhei 300 reais e foi ótimo.

Peguei minha madrasta e comi ela na cozinha

Peguei minha madrasta e comi ela na cozinha e fiz a safada gozar gostoso usando meu pau grande e grosso. Quero contar hoje como foi essa minha experiencia com minha madrastinha safada. Uma loira de 46 anos, peitos pequenininhos mas um rabo imenso que sempre me deixa com a pica dura. Um dia ela estava lavando a louça usando um vestido preto curtinho demais, isso tava me deixando louco. E dias atrás eu peguei no flagra ela cheirando uma cueca minha. Achei isso estranho, mas eu sabia que ela queria me dar, já que meu pai não estava conseguindo fazer o que ela queria. E como ela é casada e já velha não conseguia acho que tomar uma atitude pra achar algum carinha pra fodê-la as vezes. Eu vi que ela estava me querendo e me provocava todos os dias. Mas nesse ela estava demais, meu pai tinha ido trabalhar e eu já estava me preparando pra ir pra escola. Mas vendo aquele rabo gostoso foi me dando uma vontade de matar aula. Eu tomei o café e ela veio me dar um pedaço de pão e eu arregalei os olhos vendo o decote dela. Como resultado disso você já sabe, eu comi ela na cozinha e vou lhes contar como tudo foi acontecendo. Ela voltou a lavar a louça, colocou um pagodinho no celular e começou a cantarolar e ia rebolando. Como o vestido dela era curto demais foi subindo e eu fiquei vidrado olhando aquela fio dental. Ai a safada olhou pra trás e eu já vi o que ela queria, me levantei e fui em sua direção. Já agarrei a safada por trás e ela perguntando porque eu estava demorando muito. Eu nem quis muito papo não, levantei o vestido dela e já pegando seus cabelos coloquei ela apoiada na pia. Ai aquela bunda tesuda eu fui chupando gostoso, me ajoelhei e comecei a lamber a safada. Ela gemia gostoso e abriu ainda mais a sua bunda e eu fui acariciando aquele rabo enorme e chupando a sua bucetinha. Ela louca de tesão foi gemendo gostoso e eu abocanhando cada vez mais essa sua deliciosa bunda e xota carnuda. Então eu me levantei e comecei a socar meu caralho na sua bucetinha e a putona foi gemendo gostoso com minha rola entrando cada vez mais forte dentro dela. Eu ia beijando seu cangote e ela toda safada tomando rola com vontade. E eu comi ela na cozinha de acordo fazendo a bandida delirar de tesão. Depois de pegá-la assim eu me deitei no chão mesmo e a safada veio por cima, levantou o vestidinho e foi rebolando gostoso no meu cacete. Fiquei muito excitado com essa safadinha rebolando forte na minha pica. E ela foi rebolando com tesão me deixando louco de prazer.  Essa safadinha foi sentando e sentando até que eu gozei no seu bucetão gostoso e eu fui metendo de acordo ainda até ela gozar também. Ela saiu e me deixou todo sujo de porra. Fui pro banheiro pra me limpar e já tomar um banho e a safada veio peladona também. Ai ela foi mamando minha pica e a agua do chuveiro caindo me deixando louco de tesão. Tive que pegar a bandida de jeito e ela ficou de quatro no chão, eu ajoelhei e fui socando com força no seu bucetão e novamente gozamos gostoso com esse sexo intenso. Depois desse dia ela virou minha pica e eu passei a fodê-la sempre. Já que meu pai não ta dando conta do recado eu tive que entrar em ação e pegar essa safada de jeito.

Fiz sexo dentro do mar com o motorista da lancha

Fiz sexo dentro do mar com o motorista da lancha e gozei gostoso demais. Uma foda louca feita sem frescura entre mim e um moreno gostoso e forte que me pegou de jeito. Me chamo Bruna, tenho 40 anos e sou uma moreninha casada e já mãe de família. E um dia meu marido me presenteou com uma viagem para Salvador, sempre quis conhecer e ele resolveu nos levar para passarmos uns dias la. E no terceiro dia eu acabei fazendo essa loucura, e vou lhes contar como tudo isso foi acontecer. Uma experiencia bem rápida, porém muito gostosa. Era de tarde, tava fazendo um baita sol e meu marido quis dar um rolezinho em um bar barco. La a experiencia era de pagar um open bar com direito a musica, comida e depois um mergulho no mar. Meu marido acabou empolgando demais e foi bebendo bastante, o resultado disso foi ele ficar muito bêbado de ter que se deitar um pouco em uma rede do piloto do barco. Ele foi muito bacana com a gente, mas na verdade ele estava cheio de segundas intenções, e na hora do mergulho no mar ele me chamou para atrás do barco. Eu acabei indo, o resto da galera foi pra frente onde um dos ajudantes do barco jogou umas boias e ficou fazendo umas brincadeiras com eles. E eu fiquei atrás do barco onde o capitão chegou bem pertinho e acabou me agarrando. Eu nunca tinha traído o meu marido, e como eu estava bêbada também não consegui resistir aquele baiano gostoso. Ele me abraçou e beijou a minha boca, eu não consegui resistir e acabei o beijando e ele foi tirando a sua pica enorme pra fora me deixando louca de tesão. Não aguentei e deixei ele colocar a minha calcinha de biquini pro ladinho. Então de leve ele foi metendo gostoso na minha buceta e pela primeira vez eu fiz sexo no mar. Era gostoso demais aquele pau enorme moreno entrando na minha bucetinha, e ainda ele beijava minha boca. Me pegava de um jeito bem gostoso, enquanto meu marido estava desmaiado na rede depois de ter bebido todas. E eu sendo comida na agua por aquele moreno forte perfeito que me pegou de jeito. Depois eu empinei minha bunda, ele me pegou por trás e foi me bombando com vontade me deixando toda molhada. O safado me comia bem gostoso, ia apertando forte a minha bunda e socando o cacete grande dele com pressão. Realmente estava gostoso demais aquele pau entrando com força dentro de mim. E ele foi metendo e metendo até eu acabar gozando a primeira vez. Ai ele me chamou para o banheiro da cabine dele e eu resolvi ir. Subimos de volta no barco e la no banheiro ele foi me pegando de jeito, eu pude ficar de quatro no chão e ele foi me comendo gostoso socando a pica de acordo dentro de minha bucetinha. Ainda eu pude rebolar no pau gigante dele, o safado deitou no chão e eu fui por cima. Sentava com vontade naquele grande caralho e o fiz gozar gostoso nessa foda louca feita sem frescura. Depois disso esse bandido me fez gozar metendo mais um pouco a sua pica enorme em mim. Depois eu voltei para meu marido e ele acordou sem entender nada. Ficou todo triste falando que tinha me deixado um tempão sozinha, mau ele sabia que eu fiz sexo no mar e gozei gostoso demais com o capitão do barco.

Comi minha aluna ruivinha safada

Comi minha aluna ruivinha safada e gozei gostoso demais. Irei contar tudo, detalhe por detalhe desse dia louco em que eu acabei pegando essa novinha de jeito. Uma jovem de apenas 19 aninhos dona de peitos pequenos redondinhos e um rabo durinho perfeito. Me lembro até agora do sabor da buceta vermelha dela, realmente uma delicia e irei contar como isso foi acontecer em meu carro. Era uma segunda feira, estava chovendo pra caramba e eu resolvi dar uma carona pra essa jovem. Me chamo Renato, sou professor de calculo II em uma faculdade aqui em Santa Catarina. Eu tenho 42 anos e acabei fazendo sexo com essa jovem de apenas 19. Por eu ser todo jovem desde a roupa até mesmo no físico por sempre praticar atividades físicas essas jovens ficam dando em cima de mim. Mas eu nunca dei moral pra nenhuma, não é profissional e ainda eu sou casado, pai de família e respeito muito minha esposa. Mas essa jovem chamada Natalia acabou comigo, eu não consegui evitar porque ela é uma ruivinha linda e eu nunca tinha comido uma ruiva. Ela esta no segundo período de engenharia mecânica aqui na faculdade onde dou aula. Como disse estava chovendo muito e ela me pediu uma carona, disse que precisava chegar em casa pois ainda tinha que almoçar e ir para o trabalho. Eu fiquei meio comovido com a historia dela, já que ela tinha que ir trabalhar então resolvi dar carona. Não devia porque ela já tinha me cantado varias vezes, eu estava ficando até incomodado com isso. Deveria ter percebido que ela estava mentindo e que seria apenas um pretexto para ficar sozinha comigo, mas eu não prestei atenção e como resultado eu comi minha aluna safada. A jovem entrou no carro e a gente foi conversando e no meio do trajeto ela disse pra eu parar em uma rua menos movimentada que tinha caído um cisco no olho dela e ela precisava tirar. Eu parei em uma rua pouco movimentada e ela começou a olhar o olho e me pediu para assoprar. E quando eu fui assoprar o olho da safada ela me deu um beijo na boca, eu tentei sair, mas ela me agarrou de acordo e eu não resisti com o beijo gostoso dessa jovem e foi ai que eu comi a minha aluna. Dos beijos ela rapidamente já tirou minha pica pra fora pra não ter como eu voltar atrás. E depois que ela começou a me mamar ai não tinha volta. Ela me mamou gostoso e tirou seus peitinhos pra fora e eu tive que cair de boca neles. A gente acabou indo pro banco de trás e la eu já fui tirando toda a minha roupa e a novinha ruiva também. Ela ficou de quatro e eu fiquei paralisado olhando aquela bunda redondinha perfeita e sua bucetinha rosa. Comecei a cair de boca nessa xoxota e fui mamando com vontade enquanto ela gemia intensamente. Então fui colocando meu pau na sua bucetinha pequena e comecei a meter gostoso. Realmente uma delicia essa ruiva e eu não estava nem um pouco arrependido porque ela era perfeita. Depois de pega-la de quatro a novinha foi me ensinando como fodia gostoso. Sentou com vontade no meu cacete me deixando louco de tesão. Ela rebolava com vontade e ia beijando a minha boca, me pedia dedadas no cuzinho e não parava de rebolar. E então ela gozou gostoso e eu logo depois. Foi assim que eu comi minha aluna, depois dessa foda a levei pra sua casa. Não consegui parar, no outro dia já estava com ela, dessa vez no motel, e vou te falar, essa novinha é meu vicio. E eu não consigo deixar de fode-la, minha esposa já esta até desconfiando.

Vi minha esposa chifradeira dando e acabei gostando

Vi minha esposa chifradeira dando e acabei gostando e hoje sou um corninho manso. Porém ela não sabe que sou tão manso assim, e vou lhes contar como tudo isso foi acontecer.  E como eu acabei descobrindo que gosto de ver minha esposa sendo comida por outros machos. Tudo aconteceu quando minha esposa Carla começou a ter essa fama de safada quando me traiu a primeira vez e foi com o chefe dela. Como a cidade onde moramos é pequena todo mundo acabou descobrindo e ela ficou com fama de puta e eu de corno. Mas acabei perdoando ela, mas meses depois outro caso, ela tinha me traído com um colega de trabalho. Ai ela acabou saindo do seu antigo trabalho pois eu a perdoei pela segunda vez com essa condição. Arrumei uma loja pra ela vender roupas e adivinha o que aconteceu. Ela me traiu com um dos clientes que ela tinha, e foi nesse dia que eu descobri que era um corno manso. Eu estava no trabalho e comecei a passar um pouco mau, acho que era até um pressentimento, porque ela ficou me perguntando muito que horas eu chegava em casa. Então resolvi sair mais cedo do trabalho e fui passar na loja dela e lhe fazer uma surpresa. Comprei um café bem gostoso pra tomarmos de tarde na loja e quando passei la a loja estava fechada. Fiquei louco e corri pra casa, queria pegar ela no flagra e então ao invés de entrar no portão eu pulei o muro com cuidado e fui pelos fundos de casa e pela janela eu acabei vendo tudo. Era a primeira vez que eu pegava ela me traindo assim e quando olhei escondido pela janela a vi na sala, eles ainda estavam começando a foda, ela estava apenas de calça e o jovem rapaz ia chupando seus peitos. Ele era da idade de nosso filho e confesso que era um jovem muito bonito. Ele ia chupando os peitos de minha esposa e ela gemia bem gostoso, estava irreconhecível, nunca a vi desse jeito transando comigo. Ela se contorcia toda e ia gritando pra ele chupa-la com vontade e me deixou surpreso pedindo dedadas no cu. E eu não consegui ficar com raiva nesse momento, me subiu um tesão enorme vendo aquele sexo ao vivo e meu pau acabou ficando duro. Eu ainda não sabia o certo o que estava acontecendo, eu entrei em casa louco de raiva querendo quebrar tudo. Mas ao ver minha esposa chifradeira daquele jeito sendo chupada por um novinho me deixou excitado. Não consigo explicar direito, mas eu estava gostando muito e ficando mega excitado. E então o novinho começou a penetrar a bucetinha de minha esposa, ela de pernas abertas pedindo pica e ele socando gostoso. E minha esposa chifradeira gemendo com vontade, botou as pernas em cima dos ombros dele e foi sendo comida sem dó. Depois disso ela ainda começou a montar no cacete dele e eu não resisti. Já tirei minha pica pra fora e fiquei me masturbando vendo aquele sexo gostoso. O jovem batia forte na sua bunda e ela ia sentando feito uma puta. Parecia um filme porno e eu estava com o tesão no alto quase gozando vendo ela ser comida. E o gran finale foi com minha esposa safada de quatro e o novinho socando o pau no cuzinho gostoso dela. Nesse momento eu gozei gostoso sujando a parede toda de porra. Tive que sair correndo e entrei no meu carro e sai fora. E minha esposa ficou la sendo comida, horas depois voltei pra casa como se nada tivesse acontecido. Eu queria ver e sentir aquilo de novo, e dias depois novamente minha esposa estava la com o novinho. Eu tinha colocado câmeras escondidas e pude monitorar tudo e gozar gostoso vendo minha esposa chifradeira ser comida novamente.

Caiu na net vídeo que fiz dando pro meu padrasto

Caiu na net vídeo que fiz dando pro meu padrasto safado. Deu o que falar na cidade já que ela é pequena e vou lhes contar tudo sobre esse dia louco em que eu acabei fodendo com meu padrasto. Me chamo Roberta e o nome de meu padrasto é Antony, ele é um loirinho forte de 39 anos. Esta casado com a minha mãe tem pouco tempo, apenas 3 anos então a gente nem é tão próximo assim. O negócio é que eu já tinha beijado esse cara antes da minha mãe conhecer ele, quando eu tinha apenas 19 anos. E agora comigo tendo 22 anos acabou ficando bem estranho o clima. Ele foi ficando mais sério com a minha mãe e eles acabaram se casando e estão já há 3 anos juntos. O negócio é que ele sempre me olhou bem diferente, eu até passei a usar roupas mais compridas por causa dele. Não parava de me olhar, e eu não estava ficando com vergonha ou constrangida. Muito pelo contrário, eu estava gostando, me sentindo desejada o tempo todo. E um dia a gente não conseguiu resistir e eu acabei dando pra ele. E irei contar em detalhes pra você como tudo isso foi acontecer entre eu e esse loiro forte gostoso que me pegou de jeito. Era uma noite de sexta feira, ele tinha feito uma pizza pra gente e ainda comprou um vinho importado bem caro e muito bom. Ao mesmo tempo ele era muito forte, minha mãe que é fraca com álcool acabou indo dormir bem cedo e eu fiquei na sala vendo filme e Antony também. E fomos bebendo e o clima naquela sala as meia noite estava bem quente. Até que uma hora ele se sentou ainda mais perto de mim e acabou colocando suas mãos em minhas pernas. Nesse momento eu não resisti e acabei deixando ele segurar e apertar forte minhas coxas. Nesse dia eu estava de pijama já, um shortinho bem curto e acho que isso o deixou louco já que a gente ainda estava tomando vinho. Então era difícil demais de ele resistir, e foi assim que a gente acabou caiu na net. Ele não se contentou em apenas me comer, quis guardar um videozinho de recordação. Ele nunca iria mostrar isso a ninguém, o negócio é que um dia ele perdeu o celular jogando bola e alguém vazou o vídeo de eu dando pra ele aquela noite. E vou lhes contar tudo de como foi acontecendo e como terminou tudo aquele dia. Das mãos na minha perna eu não resisti e acabei beijando a sua boca gostosa. Ele já foi tirando a alça da parte de cima de meu pijama e foi chupando meus peitos pequenos e redondinhos tipo uma laranja. Ele ficou mega excitado e eu ainda mais, até que ele foi tirando meu shortinho e eu fiquei naquele sofá de madrugada completamente pelada pra ele. O safado se ajoelhou e começou a degustar a minha bucetinha. E depois disso foi tirando o seu pênis pra fora, sarrando na minha xota até socar gostoso dentro de mim e foi metendo com vontade. E foi assim que nosso vídeo caiu na net, ele antes de tudo isso já tinha deixado o celular escondido filmando tudo. Ele foi me chupando, me fodendo e me pegando de varias formas. Eu rebolei muito na pica daquele coroa safado e ele apertou forte a minha bunda. Tambem me comeu de ladinho e ainda me pegou de quatro no tapete e me deixou toda esfolada. Eu gozei gostoso nesse sexo quente e ele mais ainda. Foi uma foda louca de madrugada, e depois desse dia a gente chegou a ter mais algumas fodas, até rolar o que rolou. Depois disso nem quis mais saber dele para não magoar minha mãe novamente.

Comi a negona casada com o sindico

Comi a negona casada com o sindico e deixei ela com a bunda toda esfolada. Hoje você vai ter uma historia real de sexo anal bem gostosa e intensa, tenho certeza que vai ficar excitado, porque vou lhes contar a historia de um sexo interracial bem gostoso e intenso feito entre eu e uma puta casada que me deixou louco de tesão. E aquele ditado que pretinha são as mais quentes é tudo verdade, porque essa negra delicia da raba enorme me matou de tesão com um sexo pra lá de gostoso, e a única coisa que precisei fazer foi descer um andar do prédio onde moro. Me chamo Mateus e vou lhes contar sobre o dia que eu comi a negona casada. Ela se chama Valeria, mora no prédio em que eu moro, é esposa do sindico. Ela é uma negra delicia, de uns 45 anos, magrinha e dona de uma bunda larga bem grande gostosa e ela me deixou louco de tesão, sempre fui louco para fode-la. Porque seu rabo é realmente bem gostoso, mas ela nunca me deu moral, nunca mesmo até eu começar a entrar na academia, envelhecer um pouco mais. E ai o negocio ficou bem diferente e um dia ela me chamou em seu apartamento. Disse que o chuveiro tinha estragado e me perguntou se eu sabia arrumar. Como tinha já feito curso técnico de elétrica eu sabia arrumar e instalar um chuveiro elétrico. Fui la mas estava tudo certo, ela então me chamou para ir tomar um café e eu fui e nessa conversa ela acabou me falando que não estava sendo comida gostoso pelo marido há dias. Nesse momento eu entendi o recado e perguntei se poderia ajudar, ela me olhou e disse que sim. Então veio me beijando e foi abrindo o roupão que estava usando e me mostrando seus peitos pequenos. Eu fui mamando eles até que ela tirou tudo e ficou peladinha e me mostrou a sua bunda grande deliciosa que me deixou louco de tesão. E na cozinha mesmo ela se apoiou na pia e empinou esse rabo enorme gostoso e eu comi a negona de acordo. Fui segurando a bunda grande gostosa dela e metendo com tudo meu pau em sua bucetinha gostosa. Deixei ela louca de tesão e fui metendo binga enquanto ela gemia e pedia por mais, então ela ficou deitada em cima da mesa e abriu as pernas pedindo por mais rola. E eu fui metendo gostoso deixando ela molhadinha de tesão. A rola entrava com tudo e ela gemendo e acariciando a bucetinha. Essa safada ia gemendo e me chamou pra ir pro sofá, ai ela ficou de quatro e eu vi aquele bundão perfeito empinadinho. Comecei a meter gostoso e eu comi a negona de jeito ela toda empinadinha e eu socando rola com tudo. Ela gemendo e me pedindo para meter mais e mais na sua bucetinha, até que ela me pediu pica no cu. E com carinho eu fui socando no cuzinho delicioso dela deixando a safada louca de tesão. Um sexo bem gostoso e intenso feito sem frescura por nos dois, ela ficou com a bunda toda assadinha, mas pedindo por mais porque queria gozar. E fazendo carinho na buceta dessa vez deitada no sofá ela foi gemendo gostoso e acabou gozando. E deixou eu esporrar em seu cuzinho gostoso, esfolei esse rabo e ainda enchi ele de porra deixando a safada toda lambuzada. Depois disso ela me mandou ir correndo porque perdemos a hora e o marido dela estava prestes a chegar. Como resultado disso agora eu sou amante dessa safada, e tudo isso porque eu comi a negona com vontade e fiz o que o marido dela não estafa fazendo.

Caiu no whatsapp eu comendo a filha do prefeito

Caiu no whatsapp eu comendo a filha do prefeito. Vou lhes contar tudo sobre o dia em que eu acabei comendo a filha do prefeito de minha cidade e a gente foi flagrado. Tudo aconteceu em uma festinha da escola, ela deu mole e eu tive que foder a sua bucetinha, a putinha gostou, mas esquecemos de trancar a porta do quarto e alguém fez um vídeo caseiro. No outro dia todo mundo já tava sabendo e vendo o vídeo, e a filhinha inocente dele ficou mau falada na cidade pequena. E é sobre essa historia real que vou lhes contar, aconteceu comigo há uns 8 meses atrás. Roberta é uma moreninha deliciosa de apenas 18 aninhos, ela tem fama de ser toda quietinha, nerd e como é a filha do prefeito tem que dar exemplo. Mas no ultimo ano da faculdade a gente fez uma festinha de despedida e ela acabou bebendo demais. E nessa historia de beber demais acabou ficando soltinha e caiu no whatsapp tomando rola na bucetinha gostosa e no rabinho. E eu vou lhes contar tudo sobre essa noite em que eu fodi essa danadinha de acordo. Ela pagava sempre de santinha, mas não aguentou e teve que me dar gostoso. Era um sábado a noite, tava rolando festinha e a galera bebendo e bebendo. Roberta demorou pra se soltar, mas com o tempo a bebida foi deixando ela cada vez menos tímida. Ela tava usando um vestido curto e não era de fazer isso, e eu todo louco de tesão por ela. E por eu ser bem bonito e gostoso as safadinhas da minha sala já tinham passado na minha mão menos Roberta, mas eu já tinha tido noticia que ela era louca por mim então acabei beijando ela nesse dia. E a gente foi bebendo cada vez mais e ela foi ficando toda safadinha, e eu resolvi aproveitar. Levei ela para um quartinho nessa casa de um amigo rico nosso e arrumei um quarto de hospedes. Levei ela pra la e a safadinha já foi mamando minha pica. So que a gente tava tão louco que esqueci de trancar a porta e ficou um pouco aberta. E a safadinha foi me chupando gostoso, meia tímida ela foi se soltando e começou a engolir cada vez mais a minha pica. Então eu peguei ela de jeito e a safadinha começou a tirar o vestido e eu joguei ela na cama e fui chupando seus peitos gostosos deixando ela toda molhadinha de tesão. Em seguida eu fui chupando a bucetinha da safada e ela gemendo sem parar com minha língua roçando a sua bucetinha. Até que eu fui metendo de leve minha rola na xoxota da safada e ela louca de tesão gemendo e segurando os peitos gostosos enquanto meu pau entrava com tudo. Depois disso eu peguei ela de ladinho e fui apertando os seios da safada e socando forte na sua pepeca deixando ela toda molhadinha de tesão com minha pica entrando sem frescura. E sem saber que caiu no whatsapp nossa putaria bêbados gostosa feita de madrugada. A safadinha foi sentando na minha rola e me mostrou o quanto era puta, tirou meu pau da sua bucetinha e colocou no cu gostoso me deixando louco de tesão. Eu gozei intensamente nessa safada e esfolei o rabinho dela, no outro dia veio os problemas todos de eu ter comido essa danadinha, mas com o tempo a poeira baixou e tudo voltou ao normal e eu ainda voltei a comer ela, so que dessa vez escondido e com todo o cuidado possivel para não cair no whatsapp novamente.

Fodi gostoso e rapidinho a namorada putinha de meu irmão

Fodi gostoso e rapidinho a namorada putinha de meu irmão. Vou lhes  contar uma historia muito louca, sobre o dia que eu acabei metendo gostoso na minha cunhadinha. Uma jovem delicia, ruivinha dos peitos pequenos durinhos e uma raba gostosinha. Ela é uma magrinha estilo modelo, ela realmente é modelo, tem 19 aninhos, ruivinha toda delicia que me deixou louco de tesão. Eu fiquei louco de tesão e vou lhes contar tudo que acabou acontecendo. Me chamo Rogerio e acabei fazendo sexo com essa deliciosa Livia, a minha cunhadinha delicia de cabelos vermelhos. Eu fiquei louco de tesão desde o primeiro dia que meu irmão chegou apresentando essa safada. Eu queria mesmo fode-la, mas essa danadinha sempre pagou de difícil, mas graças a bebida um dia desses eu tive um prazer intenso com essa devassa. Ela bebeu demais e acabou ficando bem soltinha, estava apenas eu, meu amigo e a sua namoradinha. Como meu irmão é mais fraquinho na bebida ele foi dormir mais cedo. E eu fiquei com Livia trocando ideia e fui me aproximando cada vez mais dessa safada namorada putinha do meu irmão. Então eu tomei coragem e acabei passando a mão em suas pernas branquinhas. Ela ficou toda molhada nesse momento e não recusou então eu lhe dei um beijo bem gostoso. Ela correspondeu e dessa forma eu fui subindo a mão e comecei a sarrar os dedos na parte da buceta dela, até que ela me deixou abrir o zíper de seu shortinho curto. Ela ficou bem molhadinha e eu fiquei louco de tesão e resolvi ir mais além. Então eu tirei minha pistola pra fora e a namorada putinha me deixou bem excitado. Ela começou a chupar a minha pica, eu fiquei esperto pra ver se chegava alguém, a gente estava na área goumet. Eu fiquei de olho olhando o perímetro e essa deliciosa putinha caiu de boca na minha pica. Ela ia chupando gostoso e eu gemendo de tesão, ate que ela tirou o shortinho e ficou deitada no banco grande de madeira, e eu comecei a chupar a sua bucetinha gostosa. Essa safadinha então veio pra cima, eu disse pra ela apagar a luz, ela apagou e começou a rebolar no meu cacete. E essa safadinha foi quicando gostoso no meu cacete me deixando louco de tesão. Eu batia fraco na sua bunda e ela ia rebolando gostoso, soquei o dedo no seu cuzinho e fui socando tudo no talo. Ela louca de tesão foi rebolando loucamente no meu cacete, sentava gostoso me deixando louco de prazer. Ela sabia como rebolar em uma rola, depois ficou de quatro em cima do banco com aquela bundinha tesuda empinada e eu fui com tudo socando rola e bombando ela pra valer. E com tanta bombada a namorada putinha do meu irmão acabou gozando gostosinho. A rola entrou de acordo nessa bandida e eu gozei também, deixei ela toda molhadinha com minha porra. Depois eu vesti minha roupa e fui dormir e to louco pra foder essa safadinha novamente. Ela é realmente deliciosa, e eu pude realizar esse meu fetiche de foder a bucetinha dessa bandida. E você já teve alguma loucura sexual dessa forma? Eu não consegui resistir e tive que pegar essa safadinha mesmo sabendo que trai a confiança de meu irmão. Creio que qualquer um no meu lugar faria a mesma coisa, porque ruivinha realmente não é facil de encontrar, e uma magrinha bandida, mais dificil ainda e voce iria com certeza fode-la tambem.

Comi a namorada do meu amigo e gozei no seu cu

Comi a namorada do meu amigo e gozei no seu cu. Uma delicia de moreninha bem tesuda, com marquinha de biquini, era impossível recusar. E eu tive que pegar essa safadinha de jeito, sei que isso foi mega errado, mas se ponha no meu lugar. Uma morenaça da bunda grandona na sua frente toda pelada, é difícil de resistir, e eu não consegui. Então passei a pica nessa safada, acredito que seja melhor eu que sou amigo e vou cuidar do que outro que pode rouba-la de vez. Então acompanhe essa historia real bem louca do dia que eu peguei essa danada de jeito. Como disse Rafaela é uma moreninha rabuda bem delicia e safada. Ela é namorada do meu melhor amigo, já tem uns 5 anos, eles estão prestes a casar. Uma mega burrada que ele vai fazer já que ela tem fama de safada e já traiu ele umas 2 vezes. E teve a terceira que foi comigo, me da vontade de contar pra ele, mas antes de fode-la eu já alertei ele sobre essa safada, mas ele não me deu ouvidos. Então liguei o foda-se e um dia acabei fodendo essa safada. E ainda comi o cuzinho dela, um delicioso cu bem gostoso e apertadinho que me fez pirar de tesão. Vou lhes contar como eu acabei fazendo isso, pegando essa bandida de jeito e fodendo o seu rabo. Era uma manhã de quinta feira, ela não estava trabalhando porque como é caixa em um supermercado trabalha por turnos e nesse dia iria somente a tarde trabalhar. E o seu chuveiro tinha estragado, ela ainda mora com os pais e eu fui la arrumar. Como eu sou eletricista pra ela que é namorada do meu amigo eu faço um descontinho. Mas nesse dia acabei sendo pago de outra forma e vou lhes contar tudo. Cheguei la, a gente se cumprimentou e eu fui pro chuveiro arruma-lo. E assim que terminei chamei ela pra ir dar uma conferida. E ai a safada acabou me pegando de surpresa, veio peladinha e já foi entrando no chuveiro. Eu fiquei paralisado sem saber o que fazer, ela disse que pra conferir somente tomando um bom banho. E pediu pra eu esperar caso o chuveiro estragasse de novo eu já estava la pra ajuda-la. Então ela me pergunta se eu não to com vontade de tomar um banhozinho gostoso. Meu pau já estava bem duro e eu não consegui resistir, e tive que ir pra cima da safada. Tirei a roupa e fui pro chuveiro e começamos a trocar beijos bem gostosos. Depois disso ela começou a chupar meu pau. Um sexo oral feito sem frescura e assim que eu comi a namorada do meu amigo, no chuveiro. Uma verdadeira loucura, a safada ia me mamando com vontade e eu gemendo de tesão. Até que ela se levantou, ficou com as mãos na parede e olhou pra trás. E disse pra eu socar gostoso e no cuzinho, nem acreditei, perguntei de novo e ela disse impaciente pra meter no seu cu. Então fui colocando de leve e empurrando minha pica no cuzinho dessa safada e ela gemendo bem alto com a rola entrando no seu toba. Depois de pega-la em pé a safadinha me mandou deitar no chão, eu me deitei e ela veio quicando gostoso na minha rola. Nesse momento eu fui batendo na sua bunda e acariciando a bucetinha da bandida deixando ela toda molhada. Ai ela gozou gostoso e eu também esporrei nesse cuzinho quente delicioso. Fiz essa bandida ter um tesão incrível, vesti minha roupa e fui embora, eu infelizmente comi a namorada do meu amigo. Ruim pra ele e bom pra mim que comi um cuzinho bem gostoso e apertadinho dessa bandida delicia dona de um rabo enorme.

Meu professor particular me comeu gostoso

Meu professor particular me comeu gostoso em sua casa e eu gozei intensamente. Quero contar aqui uma historia bem louca de sexo gostoso onde eu acabei dando pra um homem bem mais velho. O nome dele é Gilberto, meu professor de química, um cara de 45 anos, cabelos grisalhos, magro e corpo atletico. Realmente o coroa ideal que deixa qualquer novinha molhada de tesão. Eu não consegui resistir e acabei sentando no cacete dele, que por sinal era bem grande e forte. Me deixou toda assada e eu vou contar tudo sobre o que rolou na sala de estar da casa dele. Era meio de semana, não lembro o dia ao certo, porque isso aconteceu tem umas semanas. Eu estava fodida na matéria dele, química é difícil demais. E como ele da aulas particulares meus pais resolveram pagar um pacote de aula, pois eu não podia tomar bomba. A escola também era particular, então era obrigação passar de ano, porem estava realmente bem difícil. Mas graças as aulas extras dele eu consegui passar e vou lhes contar sobre o dia em que ele me deu outro tipo de aula. Uma bem pratica onde eu acabei sentindo um orgasmo gostoso demais assim como ele. Eu fui para a sua casa assim como já estava fazendo a semana inteira. E nesse dia ele estava de short e eu notei o volume do seu pênis, estava realmente bem grande e eu não resisti. Ele sentou ao meu lado, ficou corrigindo umas provas e eu fazendo os exercícios que ele me passou. Até que tomei coragem e como estávamos sozinhos na casa dele eu coloquei a mão em sua pica. Ele tomou um susto, mas como eu apertei e fui massageando gostoso ele deixou. Continuou corrigindo as provas e eu la acariciando a sua pistola, já coloquei a mão dentro da cueca e senti aquele pau enorme. Ai o safado não aguentou muito tempo e foi beijando a minha boca. Acabei indo parar no sofá da casa dele e o safado foi macetando a minha bucetinha com vontade me deixando louca de tesão. Ele primeiro ficou peladinho e eu fui abocanhando a sua pica gostosa. Então meu professor particular me comeu. Mas antes de meter a lenha de acordo ele foi degustando a minha xota me fazendo um oral delicioso. Depois eu já fui montando no seu cacete grande enquanto ele me beijava e se declarava pra mim dizendo que sempre quis me comer. E eu sentando no seu pau dessa forma meu professor particular me comeu gostoso na sala de sua casa. Depois de uma sentada violenta ele me pegou de ladinho, ficou me beijando enquanto esfolava minha xota com seu pau de jumento. Socava com força me deixando molhadinha de tesão, a pica ele entrava sem dó e eu ia gemendo gostoso com ela entrando sem parar. Ele realmente não tava pra brincadeira e ia metendo descontroladamente ai eu acabei gozando no seu pau gostoso. E aguentei firme pra ele gozar também, ele subiu em cima e eu fiquei com a bunda empinada deitada de bruços. Eu senti o leitinho dele, aquele jato de porra na minha xota depois da sua ultima bombada mais firme. Ele gozou gostoso e eu fiquei toda suja de porra. Após esse dia em que meu professor particular me comeu eu passei a ir la mais vezes. E toda aula particular terminava com um sexo bem gostoso onde o safado me comeu em todos os cômodos de sua casa.