O anão dotado me comeu

Tudo começou numa tarde quente em que me encontrava em uma livraria. Eu estava à procura de um livro em particular que eu queria. Eu estava meio desanimada e me sentindo um pouco sozinha quando de repente me deparei com um anão dotado. Ele sorriu para mim e eu senti um arrepio percorrer todo meu corpo.

Ele me cumprimentou e me perguntou se eu precisava de alguma ajuda. Eu me senti bem e respondi que sim, e então ele começou a me ajudar a encontrar o livro.

Enquanto procurávamos, nossas mãos se tocaram acidentalmente e eu senti um calor intenso me percorrer. Eu não conseguia me conter, eu estava cada vez mais atraída por ele.

Finalmente ele me ajudou a encontrar o livro que eu queria. Eu me senti agradecida por isso, porém, ao mesmo tempo, me sentia desconcertada por estar tão atraída por um anão dotado.

Ele me perguntou se eu queria sair da livraria e tomar um café com ele. Eu estava tão nervosa que no momento aceitei a ideia.

Nós saímos e fomos até uma cafeteria próxima. Conversamos um pouco sobre o nosso gosto por livros e sobre a vida. Ele me disse que tinha se mudado recentemente para a cidade e que estava procurando emprego.

Depois de um tempo, fomos para o meu apartamento. Eu tremia de excitação e não conseguia me controlar. Assim que chegamos, fomos direto para o meu quarto.

Ele começou a me beijar e a me acariciar, e eu senti meu corpo inteiro quente e molhado. Eu não conseguia acreditar no quanto eu me sentia bem. Então ele deitou-se sobre mim e começou a me beijar no pescoço.

Eu sentia seu membro duro e grande contra o meu corpo. Foi então que ele finalmente entrou em mim. Eu senti um prazer intenso e meu corpo todo se arrepiou.

Ele me penetrou suavemente e começou a acelerar seus movimentos, de forma que meu corpo começou a tremer cada vez mais. Eu não conseguia acreditar que um anão dotado era capaz de me dar tanto prazer.

Ele me beijava o pescoço e me acariciava enquanto me penetrava. O calor e o prazer que eu sentia eram incríveis. Eu já não conseguia mais me conter e gozei intenso e com muita força.

Ele ainda continuou me penetrando por mais algum tempo até que finalmente ele também chegou ao seu ápice.

Depois que ele terminou, ele me abraçou e me beijou. Eu me sentia completamente envolvida por ele. Eu não conseguia acreditar que tinha experimentado tanto prazer com um anão dotado.

Éramos perfeitamente combinados. Eu estava tão satisfeita que não conseguia parar de sorrir. Nós nos abraçamos por mais algum tempo e depois ele se foi.

Mas eu sei que não foi a última vez que eu vi o meu anão dotado. Eu espero ansiosamente que ele volte para me dar mais prazer e carinho.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *