Gozou Dentro da Minha Garganta

Eu estava deitada na minha cama, pronta para uma noite de prazer. Eu sabia exatamente o que queria do meu parceiro. Eu queria que ele gozasse dentro da minha garganta.

Ele chegou logo depois, com uma expressão de luxúria nos olhos. Ele se inclinou e me beijou profundamente. Seus lábios se moviam como se estivessem dançando, e eu senti meu corpo se aquecer ao seu toque.

Ele me pegou pela cintura e me puxou para mais perto dele. Eu senti seu membro duro encostando em minha coxa, e isso me deixou ainda mais excitada. Ele começou a me beijar suavemente, me provocando a cada carícia.

Ele removeu minha roupa lentamente, como se quisesse me torturar de prazer. Ele me beijou da cabeça aos pés, me tocando em cada parte do meu corpo. Ele começou a beijar meus seios, lambendo e sugando meus mamilos até eu começar a gemer de tanto prazer.

Ele foi descendo com seus lábios, beijando minha barriga e minha virilha. Eu estava tremendo de tesão, e quando ele finalmente chegou ao meu clitóris eu quase gozei. Ele começou a me lamber, me fazendo enlouquecer com cada toque.

Gozou Dentro da Minha Garganta

Quando eu finalmente não aguentei mais, eu disse a ele que queria que ele gozasse dentro da minha garganta. Ele me olhou com um olhar tão luxurioso que me fez querer mais. Ele me colocou de lado e começou a entrar lentamente em mim.

Ele me penetrou devagar, me fazendo sentir cada centímetro de seu membro dentro de mim. Eu estava tão quente que era quase impossível conter minha excitação. Ele me beijou e começou a acelerar o ritmo, me fazendo gemer e gritar cada vez mais alto.

Eu estava quase a ponto de ter um orgasmo quando ele me puxou pela cintura e disse que queria me dar seu gozo. Ele encaixou meu corpo perfeitamente e começou a me penetrar com mais força.

Eu estava tão perto de ter um orgasmo que eu não conseguia mais segurar. Quando ele finalmente gozou dentro da minha garganta, eu tive um dos orgasmos mais intensos da minha vida. Eu tremia e não conseguia mais me controlar.

Ele deslizou para o meu lado e me abraçou, me beijando como se eu fosse a única mulher no planeta. Eu estava exausta, mas satisfeita. Eu tinha conseguido o que queria, e isso me deixou ainda mais feliz.

Eu me virei para ele e lhe disse o quanto eu o amava. Ele me beijou novamente, me fazendo sentir tudo aquilo novamente. Eu sabia que aquela noite não seria a última vez que ele gozaria dentro da minha garganta.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

free web tracker