Gozei de verdade no pau do meu primo novinho

Nunca imaginei que eu gozaria de verdade no pau do meu primo novinho. Quase tão novo quanto eu, mas com um corpo já maduro e cheio de tesão. Nunca tivemos nenhuma relação íntima antes, mas naquela tarde tudo mudou.

Eu vinha de um dia cansativo e quase me desmanchei quando ele me abraçou. Estava com muitas saudades dele desde a última vez em que nos vimos e meu coração acelerou quando ele me beijou em meus lábios e me trouxe para seu quarto.

No começo, o quarto pareceu pequeno. Ele estava escuro e aconchegante, no melhor estilo “quarto de adolescente”. Ele me olhava com desejo e devorava minha boca a medida que me xingava bem gostoso.

Eu não conseguia resistir a seu toque. Era realmente muito excitante e minha buceta já estava molhada com toda aquela pegada. Coloquei minhas mãos em seus ombros enquanto me beijava e logo desci por seu pescoço, sugando e mordendo cada centímetro dele.

Tiramos os nossos roupas e começamos a brincar com nossos corpos. Ele acariciava meu peito com tanta delicadeza que meu corpo inteiro arrepiava. Passei minha língua por seus ombros, ombros e pés, chegando cada vez mais perto de seu pau.

Quando tive seu pau na minha boca, percebi o quanto era gostoso e duro. Eu o masturbei com minha língua e coloquei toda a minha boca nele. Ele ofegava enquanto eu fazia boquete e aumentava cada vez mais seu tesão.

Depois de um tempo assim, ele me puxou para cima dele e colocou seu pau em minha bucetinha. Senti cada milímetro dele entrando dentro de mim, e a cada vez que ele entrava mais profundamente, eu gemia mais e mais.

Ele também gemia e me puxava para cima de si, enquanto nossos corpos dançavam. A sensação foi cada vez mais intensa e logo senti aquele choque elétrico que me preencheu por completo.

Gozei de verdade no pau do meu primo novinho

E foi só então que gozei de verdade no pau do meu primo novinho. Meu corpo inteiro tremia, e eu pude sentir o quanto ele também estava se deliciando com aquilo tudo.

Nunca senti tantas sensações ao mesmo tempo. Meu peito estava arfando, minha buceta latejava e me senti extremamente satisfeita. Aquilo me deixou tão excitada que queria mais.

Mudamos para diferentes posições, enquanto nos beijamos e nos tocamos. Ele também me chupou enquanto eu cavalgava em cima dele. Nem consigo descrever o quanto foi intenso. Eu sentia seu pau entrar em mim a cada nova posição.

Depois de horas gozando juntos, nós nos abraçamos. Eu estava exausta, mas tão feliz com aquilo tudo. Ele me abraçou e me beijou, e pude sentir tudo o que sentia por ele naquele momento.

Gozei de verdade no pau do meu primo novinho e foi uma das melhores experiências sexuais da minha vida. Eu não posso esperar para ter mais momentos assim com ele.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

free web tracker