Comi a pastora safada da minha igreja

Eu nunca imaginei que eu, um jovem de 22 anos, comi a pastora da minha igreja. Tudo começou quando ela me convidou para seu escritório para discutir algo que ela queria me falar. Quando cheguei, ela me encontrou com seu belo sorriso e um olhar penetrante. Ela tinha algo diferente naquele dia. Ela parecia mais atraente do que nunca.

Ela me convidou para sentar e me deu um café. Ela perguntou sobre minha vida e eu comecei a contar sobre meus trabalhos e minhas atividades. Quando terminei de falar, ela disse algo que me pegou de surpresa, ela disse: “Você sabe que eu sou solteira e tenho muito tempo livre”. A essa altura, eu já havia percebido que havia algo diferente na conversa e me senti atraído por ela.

Ela então começou a se aproximar de mim e me beijou. Foi um beijo quente e aveludado. Eu não conseguia acreditar, mas eu também não resisti. Ela começou a me acariciar e a me beijar cada vez mais intensamente. Logo, nossas roupas começaram a cair no chão e ela me convidou para seu quarto.

Quando chegamos lá, ela me empurrou para a cama e começou a beijar meu pescoço e meu peito, me deixando cada vez mais excitado. Ela então começou a se despir, revelando seu corpo perfeito e sedutor. Ela começou a me beijar e a acariciar meu membro, me deixando louco de desejo.

Quando ela percebeu que eu estava pronto, ela se deitou de costas e me convidou a entrar dentro dela. Eu senti que ela estava molhada e pronta para me receber. Eu comecei a me mover dentro dela, cada vez mais fundo e rápido. Ela gemia e gritava de prazer, o que me incentivava ainda mais.

Nos movíamos em sincronia, seguindo o ritmo do nosso desejo. Eu a penetrava com toda a minha força e ela me segurava como se não houvesse outra saída. Ela gritava meu nome e gemia de prazer, me deixando cada vez mais excitado e quente.

Nosso prazer aumentava cada vez mais. Enquanto nos beijávamos, eu sentia que nosso desejo não tinha limites. Nossos corpos se moviam em perfeita sincronia e cada vez mais fundo. Eu sentia toda a sua intimidade ao meu redor e a cada movimento, ela parecia se entregar mais a mim.

Eu não conseguia acreditar que comi a pastora da minha igreja. Não conseguia acreditar que havia se entregado tão completamente a mim. Nossos corpos se moviam como se fossem um só e nada podia nos parar. Ela estava tão quente e molhada que eu senti que ia explodir de prazer.

Nosso clímax chegou e foi tão intenso que me deixou completamente exausto. Eu me deitei ao lado dela e ela me beijou com carinho. Nossos corpos estavam suados e eu sentia as pulsações aceleradas de nossos corpos ainda unidos.

Eu me senti tão feliz e realizado por comi a pastora da minha igreja. Foi o sexo mais intenso e apaixonado que eu já experimentei. Não conseguia parar de pensar no quão incrível e quente foi. Eu sentia que estava vivendo um sonho.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *