Comi a diarista daqui de casa

Eu finalmente tinha conseguido comi a diarista que vinha me servindo fielmente há alguns meses. Ela era uma mulher jovem, bonita, magra e de olhos verdes. Com seu cabelo curto e ondulado, ela era a definição de perfeição. Eu estava tão excitado com a perspectiva de tê-la que mal conseguia manter meu controle.

Depois que ela terminou as tarefas domésticas, ela se aproximou de mim e começamos a nos beijar. Seu corpo se encaixou perfeitamente no meu, e comecei a sentir os efeitos de sua pele macia e suave. Ela deslizou sua mão para baixo, apertando minha ereção com força.

Nossos beijos ficaram cada vez mais ardentes, e comecei a deslizar minhas mãos por seu corpo. Ela gemeu de prazer enquanto eu acariciava sua pele. Sua respiração ficou cada vez mais ofegante, e eu comecei a sentir meu corpo se aquecer.

Mesmo com o aumento da intensidade do nosso encontro, ela nunca deixou de me olhar nos olhos. Ela me olhava com tanto desejo que meu coração quase explodia. Eu mal conseguia acreditar que finalmente conseguira comi a diarista que tanto desejava.

Nossos beijos eram cada vez mais apaixonados, e eu comecei a sentir meu corpo se arrepiar. Ela deslizou sua mão por baixo da minha camisa, acariciando minhas costas e me fazendo ainda mais excitado.

Meu desejo por ela era tão grande que eu não conseguia mais me conter. Abri meu caminho para a cama e a coloquei deitada. Coloquei meu corpo sobre o dela, e comecei a beijar seu pescoço e seus seios.

Ela arfava de prazer enquanto eu massageava seu corpo. Deslizei minhas mãos por baixo de suas calças, acariciando sua intimidade. Ela gemeu de prazer enquanto eu acariciava seu clitóris com meus dedos.

Minha ereção estava tão grande que eu mal conseguia me conter. Coloquei meu membro dentro dela, e comecei a me mover lentamente. Ela gemia cada vez mais alto, expressando todo o seu prazer.

Eu aumentei meu ritmo, e ela começou a se mover de acordo comigo. Nossos corpos estavam sincronizados, e eu sentia que não conseguiria segurar meu orgasmo por muito mais tempo.

Então, finalmente, chegamos ao nosso clímax. Ela gritou de prazer e eu gemi de satisfação. Nós nos abraçamos por um tempo e então nos demos mais alguns beijos.

Depois de nos recompor, eu fiquei olhando para ela por alguns minutos. Eu mal conseguia acreditar que, finalmente, tinha conseguido comi a diarista que tanto desejava.

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Manga Hentai - Porno Amador - SuperHQ - Hentai - Quadrinhos Eróticos - Quadrinhos Eroticos - Hentai HQ - Super Hentai - Fotos Porno