Dei para meu ex marido

Me chamo Catarina e neste conto pornô eu vou relatar como eu dei para meu ex marido.

Fomos casados por um tempo depois de vários anos de namoro, mas as coisas não iam bem e resolvemos terminar tudo, cada um foi para seu lado, ele se casou e se separou novamente e eu casei de novo depois de aproximadamente quatro anos da separação. Já havia muito tempo que eu não tinha mais contato com ele, e meio que por acaso nos encontramos em um site de relacionamentos e trocamos nosso Whatsapp, inicialmente apenas para conversas casuais, mas eu sempre ficava emocionada quando falava com ele mesmo que apenas pelo celular, e não entendia, pois eu já estava casada com outro, mas sempre me vinham as lembranças de nossos momentos juntos.

Ele morava em outra cidade mas as vezes vinha visitar a família onde eu morava e eu não sabia como me sentiria quando o visse novamente. Marcamos de almoçar um dia que ele estava de visita em minha cidade e é claro sem meu marido desconfiar. No almoço foi tudo muito tranquilo e ele muito mais seguro e maduro de quando estávamos juntos, e acho que isso me atraiu ainda mais, eu não parava de pensar em dar novamente para ele após todos aqueles anos sem contato, as lembranças boas de nossos quase dez anos juntos não paravam de me instigar e mesmo ele falando sobre as novas experiências profissionais e pessoais, eu nem prestava atenção no papo, apenas na minha imaginação e comecei a ficar muito excitada com aquilo tudo.

No final do almoço eu peguei o telefone dele e disse que não daria o meu para não correr o risco de ele me ligar em algum momento em que eu estivesse com meu marido, e ele entendeu o recado. Naquela mesma semana marcamos outro almoço, mas desta vez em um motel, e foi então que eu percebi que ainda era apaixonada por aquele pau, não por ele, mas simplesmente pelo seu pau e pelas coisas que ele fazia comigo e que ninguém mais soube como fazer.

Dei para meu ex marido

Chegamos ao motel e primeiro ficamos lembrando algumas coisas que já havíamos feito, lugares onde já havíamos transado e então eu contei a ele que não era a primeira vez que eu traia meu marido, mas que aquela era uma situação especial pois era com um ex marido, e isso é o que deixava a cena ainda mais excitante. Depois de um tempo conversando ele me pega com carinho e me deita na cama me beijando com uma delicadeza que eu me derreti toda, e ele sabia disso, que comigo era assim no começo e que depois eu gostava de ser pega com mais força e violência, e era isso que nenhum homem ate então havia conseguido, juntar as duas coisas em um mesmo momento, e pelo jeito com o passar do tempo ele foi aperfeiçoando a técnica que usava comigo enquanto estávamos juntos, pois foi muito melhor que antes.

Após me beijar e chupar meus seios com delicadeza e vontade ele tira minha calcinha já totalmente molhada e começa lamber, não chupar, mas apenas passar a ponta da língua na minha buceta, nela toda, e só depois ele enfia a língua quente nela me fazendo gemer e quase gozar ali mesmo, chupando e enfiando dois dedos dentro dela e colocando seu dedão na minha boca com a outra mão, eu não sabia como segurar de tanto tesão e com isso falo para ele parar e começo a chupar seu pau, com gosto, parecendo uma cadela no cio, uma mulher que não via um pau a muito tempo, na verdade minha vida sexual era bem ativa, mas não com aquele pau, não com o homem para quem eu mais havia dado meu cu em minha vida, era o pau mais gostoso que eu já havia chupado e depois de chupar muito e deixá-lo louco de tesão eu fico de quatro na cama e ele enfia com vontade, passando da fase do carinho e delicadeza para a fase que mais gostava, a fase do sexo animal, do sexo selvagem, sem limites, sem controle, coisa que fazia tempo que eu não fazia.

Dei para meu ex marido

Ele me pegava pela cintura e metia com força na minha buceta, puxava meus cabelos e batia na minha bunda empinada. Depois me virou de frente para ele e eu ainda deitada e com as pernas sobre seus ombros via em seu rosto a satisfação de me comer depois de tantos anos, eu via a satisfação da conquista e da reconquista, mas ambos sabíamos que era apenas sexo, que era apenas saudade de comer e de dar um com o outro, e ele continuava metendo o pau dele em mim e eu gemendo sem parar e gozando duas vezes sem que ele parasse, gozando com mais desejo que nunca, gozando e colocando toda aquela saudade reprimida para fora, eu era dele novamente, eu era só dele, apenas do homem que eu queria passar o resto da vida, mas nossas vidas tomaram rumos diferentes, e naquele momento eu rejuvenesci quinze anos, e fique parecendo a mesma adolescente que fui quando nos conhecemos e que transávamos praticamente todos os dias e em todos os lugares possíveis. Depois de eu ter gozado muito e ainda naquela posição, com as minhas pernas nos ombros dele, ele tira o pau da minha buceta e coloca bem devagar no meu cuzinho, mas esse devagar foi apenas para o começo, pois logo após colocar todo o pau dele em mim, ele novamente mete com força, e eu continuo gemendo e gritando feito louca e ele mais ainda, pois eu sabia de sua preferência por comer meu cuzinho, e depois de algum tempo dando o cu para meu ex marido, ele goza em cima de mim, e a porra quente dele jorra até em meu rosto e em minha boca, e eu lambo todinha aquela porra que eu não sabia quando tomaria de novo, lambo seu pau todinho novamente.

Foi apenas a primeira de muitas outras vezes que eu dei para ele, sem nenhuma desconfiança de meu marido atual, afinal de contas se eu me separar eu teria que dar novamente para meus dois ex-maridos, mas isso seria outra história.

Também leia:

O que você achou desse conto erótico?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *